Vamos inovar: mais pedágios no Paraná

Nada como um governo inovador.  Mais pedágios nas rodovias.

Um acordo assinado ontem entre o governador Ratinho Junior (PSD) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, prevê que o Paraná terá concessões de pedágio em mais seis rodovias que cortam o Estado.

Informa Fábio Campana que de acordo com o documento, além dos pedágios já existentes nos 2,5 mil quilômetros do chamado Anel de Integração, a União deve leiloar concessões para a cobrança do serviço em mais três estradas estaduais: a PR-092 (Norte Pioneiro), a PR-323 (Noroeste) e a PR-280 (Sudoeste). Além disso, o futuro leilão também deve abranger novos trechos paranaenses de rodovias federais nas BRs 163, 153 e 476.

6 comentários em “Vamos inovar: mais pedágios no Paraná

  • 14/08/2019, 19:42 em 19:42
    Permalink

    Inovador nas mentiras deslavadas de nova forma de fazer Política. Isso ai é mais falso que moeda de R$ 4.00

    Resposta
  • 15/08/2019, 08:15 em 08:15
    Permalink

    Se for pra não consertar mesmo as rodovias que venha a porcaria do pedágio. As estradas estaduais que cortam o Paraná estão em situação de miséria, depois que o governador assumiu pioraram e muito , nem buraco se tampa mais . Ta mais barato pagar o pedágio do que arrebentar o carro .

    Resposta
  • 15/08/2019, 10:35 em 10:35
    Permalink

    o problema nao é o pedagio paçoca, é o preço abusivo, vide SC q os pedagios sao baratos e o servico excelente

    Resposta
    • 15/08/2019, 21:25 em 21:25
      Permalink

      Essas quatro praças de pedagio em SC, R$ 2,70 cada, que atendem a 358 km podem custar pouco para o usuario mas custam caro para o Brasil lá fora. Os dois grupo que administram esse trecho, Abertis espanhola e Brookfileld canadense, caíram na lábia do ex-presidente Lula, ganharam a licitação e fizeram o contrato em 2008 com validade por 25 anos e agora amargam prejuízo no negócio. Chato para o Brasil que fica lá fora com a fama de país ruim para invetimento. Ainda bem que o presidente Bolsonaro já anunciou que vai reajustar os preços dessas praças deficitárias para acabar com a defasagem nos reajustes concedidos durante o governo paternalista e socialista do PT. Agora que o Brasil vai ser um país capitalista de verdade o exemplo saira da Sanepar do PR, empresa onde os investidores estrangeiros tem conseguindo ótimos lucros graças a política realista de reajuste.

      Resposta
  • 19/08/2019, 10:03 em 10:03
    Permalink

    Querido, Bolsonaro só anunciou o reajuste no puteiro que sua mãe trabalha, essa tática dissimulada de atribuir um baixo custo de de tarifas ao PT e querer atribuir reajustes ao atual governo é algo podre, característico da quadrilha que vc defende. A atuação das empresas de pedágios é regida por contratos e não basta a vontade deste ou daquele governante para baixar ou subir as tarifas. Aliás, por que os usuários pagadores de tarifas de pedágio tem que pagar contribuição dissimulada ao INCRA, SENAI, SENAC…………??????????

    http://www.arteris.com.br/concessionarias/litoral-sul/

    Resposta
    • 19/08/2019, 11:40 em 11:40
      Permalink

      Não vou colocar sua mãe na conversa porque tive boa formação moral e aprendi a respeitar de forma absoluta quem não conheço. Mas vamos ao que interessa. Que governo o Brasil tinha em fevereiro de 2019? Então, sr. Genildo, o senhor pode procurar o noticiário de fevereiro que o senhor encontrará matérias com o título: “Governo discute aumento médio de 25% em pedágios de estradas da gestão Lula” ou “Pedágio de estradas federais concedidas na gestão Lula pode ter alta de 25%”. E o governo Bolsonaro está errado? Ele está absolutamente certo! Ele pretende corrigir tarifas defasadas para manter a lucratividade das empresas, novos investimentos e manter a boa imagem no exterior de que o Brasil é garantia de investimento com lucros. É bem provável que esse aumento no pedágio contratado no governo Lula ainda não foi implementado por um desvio do governo Bolsonaro para uma linha bolivariana ao tentar agradar os caminhoneiros que, obviamente, são contra esse aumento. Meu amigo, contenha-se em seus arroubos de adolescente. Leia, se informe, é o que o tempo no ensina, antes de levar qualquer discussão adiante.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: