Vereadores cobram explicações de secretários da prefeitura

Os vereadores Felipe Barros (PRB), Amauri Cardoso (PSDB) e Felipe Prochet (PSD) de Londrina, apresentam amanhã, na primeira sessão após o recesso, um requerimento convocando secretários para darem explicações sobre a Planta de Valores que aumentou absurdamente os valores do IPTU e da taxa de lixo que também cresceu mais do que nariz de pinóquio.

Possivelmente é o primeiro passo para revolver muito do que não foi dito e escondido durante o processo de discussão do aumento no ano passado.

Quem sabe até uma CEI do IPTU.

9 comentários em “Vereadores cobram explicações de secretários da prefeitura

  • 31/01/2018, 19:04 em 19:04
    Permalink

    Vereadores convoquem o CANHADA, mentor junto com o empregado municipal Edson Peruca, foram os caras que venderam a ideia ao JERICO…..Armaram com os Vereadores sendo que os dois prisioneiros estavam dentro do esquemão, mas garanto que não aguentam a pressão por mais trinta dias…..A dica e simples sigam o lixo e vai muita gente colocar tornozeleira

    Resposta
    • 01/02/2018, 09:47 em 09:47
      Permalink

      Sigam o lixo e a taxa de lixo.

      Resposta
  • 31/01/2018, 21:16 em 21:16
    Permalink

    Prefeito, esteja onde estiver, siga meu conselho: não dá bola pra esses três vereadores não. Eles pertencem a três partidos que adoram ferrar o povo com aumento de impostos. O PRB do Barros, o PSDB do Cardoso e PSD do Prochet apoiaram o Temer até debaixo d’água quando aumentou o imposto dos combustíveis. Precisa explicar mais? Não, mas tem mais. O partido da Igreja Universal do Reino de Edir Macedo (vulgo PRB) e o partido só do dinheiro (também conhecido como PSD), aqui no Paraná, formaram forte sociedade com o PSDB do governador Beto Richa para aumentar ICMS, tarifas de luz e água e taxas do Detran só comparáveis ao seu IPTU. Então, esses vereadores vão reclamar do quê?

    Resposta
  • 31/01/2018, 21:24 em 21:24
    Permalink

    Os vereadores se defenderam alegando que não tinham a dimensão ou entendimento sobre o assunto. Pergunto então aos nobres Edis, o que estavam fazendo lá? Enchendo salsicha com Projetos de Lei inócuas como apurou a reportagem da RPC? Ou mais interessados na prática do nepotismo cruzado? Ou pior, estavam lá para servir ao executivo?

    Resposta
  • 31/01/2018, 21:55 em 21:55
    Permalink

    Vão cobrar o que do Secretário da Fazenda que falou na entrevista da Paiquerê: “QUEM NÃO TIVER CONDIÇÕES DE PAGAR O IPTU QUE SE MUDE DA CIDADE”. Isso é postura de um secretário da fazenda? Pelo tempo que está servindo várias administrações deveria saber sobre a Liturgia do cargo de homem público que não permite esse tipo de comportamento. Quer na marra transformar Londrina numa cidade de ricos que podem pagar esse IPTU mais caro do Brasil?

    Resposta
  • 31/01/2018, 22:09 em 22:09
    Permalink

    Notícia fresquinha aos pagadores do IPTU mais caro do Brasil: “Depois de protestos, prefeito de Santo André revoga aumento do IPTU”.

    Resposta
  • 01/02/2018, 08:43 em 08:43
    Permalink

    Convoquem o Moacir Sgarioni, peçam para ele levar aquele monte de planilhas , a incompetencia dele derrubara muita gente, depende dos funcionarios pois ele nao sabe nada de nada e mesmo assim vive humilhando a todos.

    Resposta
  • 01/02/2018, 10:45 em 10:45
    Permalink

    CONVOCAÇÕES:
    – DEPUTADO TERCILIO TURINI e DEPUTADO COBRA REPORTER autores de ação judicial ADIN contra Lei do IPTU.
    – JANDERSON marcelo CANHADA
    – Edson Souza, doutor em tudo que é de errado lá na prefeitura
    – MARCELO BELINATI MARTINS prefeito fujão
    – PROCURADOR DO MUNICÍPIO LUIZ ESTEVES
    – controlador geral do município
    – PROMOTORES DE PATRIMONIO PÚBLICO

    Resposta
  • 01/02/2018, 12:22 em 12:22
    Permalink

    Faltou Fabiano Nakanashi, que o “cérebro” por detrás do IPTU e ITBI.

    Esse tem muita coisa pra contar…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: