Vereadores reivindicam que não haja praças de pedágio na PR 445

A Comissão Especial de Pedágio da Câmara de Vereadores de Londrina esteve na Assembleia Legislativa do Paraná entregando um documento se posicionando contrariamente a instalação de praças de pedágio na PR 445.

Um dos motivos é que o Estado está fazendo a duplicação da rodovia com recursos próprios, ou seja, de todos os paranaenses.

 

Leia Também

Uma eleição preso...dencial

A campanha presidencial do Brasil tem um preso – Roberto Jefferson -, um ex-preso –...

Às 21 horas, entrevista ao vivo no Lugar da Fala com o candidato Matheus Thum

Que momento conturbado

Comente!

guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gláucia
Gláucia
11 meses atrás

Precisava ir uma Comitiva?
Por que não foi somente o Presidente da Comissão? Ou o Presidente da Câmara?
Não se preocupam mesmo com a austeridade.

Luiz Flávio
Luiz Flávio
11 meses atrás

Epa, estão saindo do ostracismo, da inutilidade? Até que enfim. Ampliar e construir rodovia com o dinheiro suado do contribuinte e depois entregar de graça as concessionárias de pedágio (que provavelmente irão financiar campanhas) configura -se no mínimo crime de prevaricação. E não é a primeira vez que acontece no Paraná. Aproveitando a oportunidade, como ficam as obras de ampliação ( valor de 2 a 3 bilhões) que as concessionarias deixaram de realizar no Paraná? Vai ficar por isso mesmo?

Rafael Levi
Rafael Levi
11 meses atrás

Com recursos próprios, isto é, dos contribuintes, do arrocho salarial dos servidores públicos estaduais, dos reajustes das aposentadorias suspensos há quase uma década, do confisco da poupança previdenciária estadual… Realmente não há um único motivo para que se cobre pedágio na PR-445.