Empresário envolvido na ZR3 diz que foi atacado por bandidos

Lino Ramos Bicho-Pau

O empresário de Londrina Homero Wagner Fronja, um dos 13 investigados na Operação ZR3, deve ser novamente ouvido na manhã desta segunda-feira (19) pelo delegado Alan Flore, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Fronja alega que neste fim de semana a casa dos pais dele, na região norte de Londrina, foi atacada por bandidos. “Eles pediam dinheiro e documentos”, contou.

Os pais do empresário teriam sido trancados em um quarto, enquanto ele teria sofrido agressões em um outro cômodo da residência. Na sequência os bandidos teriam levado o veículo do empresário, que foi abandonado no bairro Limoeiro, na zona leste. (leia mais)

Deixe uma resposta