Vem aí uma nota oficial contra o governo Muderno

A Sociedade Rural do Paraná está preparando uma Nota Oficial, e pelo que sei, nada amistosa contra o governo Muderno de Ratinho Jr que propõe e fusão do IAPAR, Codapar e Emater.

Os caras estão bravos.

O grupo Proteu apresenta “Tango”, no Ouro Verde

O grupo Proteu está de volta aos palcos.

Desta vez participando do Festival Internacional de Teatro de Londrina.

A montagem “Tango”, texto do dramaturgo polonês Slawomir Mrozek, mostra um conflito de gerações às avessas, uma família de qualquer tempo, numa casa onde quem se incomoda com a falta de regras e valores é o jovem Arthur. Uma releitura contemporânea e nada convencional de Hamlet – em que o príncipe é substituído por um adolescente conservador que desaprova a promiscuidade dos pais. (mais…)

De ônibus é uma piada

do Zé Beto/Do analista dos Planaltos

Anunciado com toda pompa, as passagens para os vôos do pequeno avião terceirizado da Gol (Caravan 9 lugares) custa R$ 350 para trechos como Campo Mourão/Paranavaí a Curitiba. Isso choca com a realidade de quem se desloca por R$ 331 reais de ônibus leito (Umuarama a Curitiba) ou 292 reais (Paranavaí a Curitiba pela mesma Viação Garcia) em linhas sem licitação desde 1988, quando a nova Constituição Federal exigiu abrir concorrências para o setor.  (mais…)

Mais uma da “mudernidade” de Ratinho Jr. Fusão do IAPAR, Emater, etc, vai gerar mais despesas

A modernidade pregada pelo governo Ratinho Jr a cada dia surpreende mais. Um parecer da Secretaria de Fazenda do governo mostra que a “economia” que seria gerada pela fusão da Emater, Iapar, CPRA e Codapar é uma falácia.

Segundo o relatório, a fusão vai gerar aumento de despesas para o governo.

 

União da Vitória totalmente com LED

Olha aí a Sercomtel Iluminação mostrando serviço. O bairro União da Vitória, em Londrina, é o primeiro  integralmente iluminado com o sistema LED do Norte do Paraná, um dos poucos de todo o Brasil.
O União da Vitória, que nasceu de um assentamento de sem-terra nos anos 80, passou por umas fases em que era tido como muito violento. Isso mudou e vai mudar ainda mais.

Nos EUA, uma pesquisa revela que uma rua bem iluminada ajuda a derrubar os índices de violência em até 36%, além de inibir a ocorrência de novos crimes e causar a boa sensação de segurança, o que promove qualidade e bem estar na vida das pessoas.

Morre o cabeleireiro e educador Fábio Arnhold

Morreu ontem, por volta das 17 hs, em Maringá, o cabeleireiro rondonense Fabio Arnhold, consultor master na empresa Keune.

Fábio tinha 36 anos e vinha sempre para Londrina dar cursos e atender clientes. Era muito conhecido e querido neste meio.

O velório está acontecendo em Marechal Rondon.

Venda da Sercomtel vai custar 1,3 milhão

 Republicação do contrato entre Prefeitura de Londrina (acionista majoritária da Sercomtel S.A.) e Bolsa de Valores (B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão) com aumento do valor para a bagatela não desprezível para R$ 1.336.158,95 na página 9 do Diário do Município de 16 de agosto.

(mais…)

DEM e PSDB já estão na disputa pela presidência

do BRPolitico
Cada vez mais incomodados com o estilo de governar de Jair Bolsonaro, PSDB e DEM aceleraram o processo de montagem de uma candidatura ao Planalto para a eleição de 2022. As seguidas trombadas políticas com o presidente, e os ataques que sofrem seguidamente nas redes sociais bolsonaristas, fizeram o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), decidirem que estarão juntos nas eleições de 2020 (municipais) e 2022 (nacionais)Até as pedras do Congresso sabem que João Doria deseja disputar a sucessão presidencial. Já Rodrigo Maia, cacifado pela condução da reforma da Previdência, se posicionou bem nesse jogo. Uma chapa natural seria encabeçada por Doria, tendo Maia de vice. Uma candidatura com perfil liberal, de centro, e, mais importante, distanciada o máximo possível de Bolsonaro. As informações são de Marcelo de Moraes no Brasil Político. (mais…)

Gilmar Mendes manda que documentos da Publicano sejam disponibilizados para a defesa

Por Gabriela Coelho/Conjur

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, determinou a imediata disponibilização dos documentos que estão na posse do Ministério Público, relacionados a um investigado da operação “publicano”.

Gilmar manda MP disponibilizar documentos da operação “publicano”.
Divulgação/AASP

Na decisão, Gilmar cita entendimento fixado na Súmula Vinculante 14 do STF, que consagra a prerrogativa do defensor de acessar, no âmbito da investigação criminal, os elementos de prova em desfavor de seu representado.

“É direito do defensor, no interesse do representado, ter acesso amplo aos elementos de prova que, já documentados em procedimento investigatório realizado por órgão com competência de polícia judiciária, digam respeito ao exercício do direito de defesa”, diz na decisão.

Segundo Gilmar, ainda que não utilizados para embasar a denúncia, tais documentos podem interessar à defesa, porquanto relacionados à Operação Publicano, na qual é investigado o reclamante.

Caso
O juiz da 3ª Vara Criminal entendeu que a defesa não detinha direito de acessar referidos documentos. A defesa, então, apresentou reclamação ao STF, sob a justificativa de afronta à súmula vinculante 14.

Na operação “publicano”, os procuradores investigaram um esquema de corrupção com a Receita estadual do Paraná. O denunciado foi representado pela Advocacia Bittar. 

Ratinho Jr, matando a vaca para curar o carrapato

“O governo está matando a vaca para curar o carrapato”

Antonio Sampaio, presidente da Sociedade Rural do Paraná sobre o projeto do governador Ratinho Jr que funde o IAPAR, Emater e Codapar

Mais uma aposentadoria e nada de devolução

Zé Beto/Do enviado especial

Além da pensão como ex-deputado estadual que lhe rende quase 20 mil reais por mês, Antonio Casemiro Belinati, tio do atual prefeito de Londrina, ganhou o direito a receber a bolada federal atrasada de sua aposentadoria por idade que lhe renderá mais de R$ 500 mil em ação movida contra o INSS no TRF 4 (Ação 5013212-83.2012.4.04.7000/PR). Isso é uma coisa, mas devolver o dinheiro público deviado da prefeitura nas várias ações movidas pelo Ministério Público contra ele, do tempo em que era o prefeito da cidade,  e das inúmeras condenações por improbidade administrativa… vai uma grande distância. Por moto próprio ou bloqueio de dinheiro e bens do político, nem pensar. Com a palavra o Ministério Público do Paraná, que é mantido pelo cidadão que paga impostos, mas desde 1998 não consegue realizar nada que faça o dinheiro desviado por Belinati e Janene ser devolvido aos cofres públicos. O valor atualizado chegaria a quase R$ 1 bilhão.

Relatório

A Universidade Estadual de Londrina através do Laboratório de Entomologia Médica (Projeto Monitoramento do Aedes), dirigido pelo professor João Zequi, faz o monitoramento – por armadilhas -do criame e desenvolvimento do mosquito Aedes em Londrina e distribuiu os relatórios. (mais…)

Bolsonaro e suas metas de relacionamento

Depois de construir uma base sólida de inimigos internos agora Bolsonaro começa a desenvolver o programa de conquista de inimigos externos.

E está sendo um sucesso.

Entrevista exclusiva com o grande ídolo do LEC

do VEC

O Londrina Esporte Clube já teve grandes ídolos. Gauchinho, o maior artilheiro do time; Mario Caetano, o Marinho, zagueiro campeão mundial de clubes pelo Flamengo; Paulinho, o Canhão de Pinhal; Márcio Alcântara, zagueiro campeão paranaense; João Neves, a raça; e tantos outros.

Mas entre todos, nas últimas décadas, Carlos Alberto Garcia é o cara que mais representa o papel de ídolo do Londrina. (leia mais)

Prefeitos do Paraná querem que seja proibida a “antecipação de atribuição de culpa”

O presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e prefeito de Pérola, Darlan Scalco, enviou ofício ao presidente da CNM (Confederação Nacional de Municípios), Glademir Aroldi, pedindo empenho na aprovação de um importante ponto da lei de abuso de autoridade, já aprovada pelo Senado. Reivindicação antiga dos prefeitos do Paraná, a lei foi aprovada graças à mobilização da CNM, da AMP e das demais organizações dos municípios. (mais…)