Balanço Orçamentário londrinense revela disparidades

Por Rogério Dias

O Balanço Orçamentário de Londrina, no período Janeiro a Fevereiro 2019, demonstra que o município gastou/liquidou despesas com folha de pagamento em 171 milhões e somente 633 mil reais em Investimentos para cidade. (mais…)

Em Tamarana, mulheres ocupam maioria das secretarias

Coisa rara ainda o Brasil.

Em Tamarana, dos 11 cargos do secretariado municipal, sete são ocupados por mulheres – ou 63,6% deles. As pastas chefiadas por elas são as de Assistência Social (Mariza Assumpção Jorge), Educação (Maisa Nakata), Fazenda (Bruna Silva Miranda), Governo (Fábia Siena), Saúde (Dalva Siena), Controladoria (Cristina Seidler) e Procuradoria-Geral (Laura Salgado). (mais…)

Tão transparente

Por Antonio Santiago

Conheci o Marcelo BELINATI em 2003. Eu era diretor do Hospital Anísio Figueiredo (HZN) e ele médico socorrista do estado, que tinha a base lá. Muito simpático e carismático a gente falava sempre sobre política e da sua intenção em se candidatar a vereador, aproveitando do sobrenome famoso, para o bem e para o mal. Ele se elegeu em 2004 e eu saí do hospital em 2006. Saí de Londrina e perdemos contato. Mas de longe acompanhei a meteórica carreira política do jovem médico. Vereador, deputado federal e agora prefeito. (mais…)

Leniência pra CCR? Tenha a Santa Paciência

Via blog do Zé Beto

Do Analista dos Planaltos

O acordo do Ministério Público Federal com o consórcio CCR Rodonorte, que admitiu pagamento de propina e vai reduzir o valor do pedágio em 30% parece um conto de ficção científica – e de horror ao mesmo tempo. Que conta é essa que fizeram para o abraço?

São 19 anos de cobrança, com faturamento anual de R$ 2,5 bilhões, o que significa R$ 47,5 bilhões neste longo período. Os 30% a que chegaram pode ser traduzido para “facada”, “mão no bolso do usuário otário”, neste tempo todo, ou seja, são R$ 14, 5 bilhões que faturaram a mais do que seria o normal (que nunca é o justo, diga-se de passagem). (mais…)

Pedágio: tem muito angu nesse caroço

Em julho de 2015 este blog levantou uma lebre falando sobre o absurdo de o empresário Ágide Meneguetti (Presidente da Federação dos Agricultores do Paraná) que, com o apoio da então deputada Cida Borghetti percorria o estado para convencer políticos e empresários a renovar os contratos do pedágio. (veja aqui)A expedição foi chamada de a Caravana do RENOVA PEDÁGIO.

(mais…)

Vamos falar de transparência?

Por Rogério Carlos Dias

Conta 11180111000000 IPTU lançado contra o arrecadado do demonstrativo de receitas 2019 está sem saldo de movimentação Janeiro fevereiro e março. Estranho pois, muitos proprietários já pagaram a vista e alguns iniciaram a prazo. Será que deu problema no sistema ou estão querendo esconder o resultado ruim dos pagamentos antes da data base do reajuste dos servidores que é agora em março? (mais…)

Tiro ao tucano

Prisão de Paulo “Preto” Vieira de Souza, apontado como operador do PSDB de São Paulo, oito processos (com pedido de prisão) contra Marconi Perillo, ex-governador de Goiás, e outro problema surgindo: a Rodonorte, empresa do grupo CCR, prepara delação premiada que, dizem, envolve o ex-governador Beto Richa. Há histórias de entrega de malas de dinheiro no palácio, no Tribunal de Contas e na Associação dos Concessionários.

Coluna Carlos Brickmann

O MP ainda está pulando carnaval?

O Paraná poderá testemunhar o maior absurdo jurídico dos próximos tempos – uma pequena redução de 30% até o fim do pedágio (em poucos anos) na empresa CCR Rodonorte, que administra os trechos entre Curitiba a Apucarana da BR 376 e PR 151 entre Ponta Grossa a Jaguariaíva.
Os Procuradores da República não devem fazer conta, pois vejam a matéria da Folha de São Paulo – https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/03/com-acordo-ccr-reconhece-propina-em-pedagio-e-vai-reduzir-tarifa-em-30-no-pr.shtml

(mais…)

Belinati magoou

E o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati Matins ficou magoado com o post que questiona a transparência da prefeitura de Londrina. Hoje a prefeitura anunciou que a cidade é a mais transparente do Brasil.

No grupo de whats app Força Aérea 1 – que é composto por pessoas da imprensa, PMs e outros profissionais -, questionado sobre o post deste simplório blogueiro que alguém reproduziu ele disparou:

Não é má ideia.

Rodonorte fecha acordo com a Lava Jato e deve pagar multa de R$ 750 milhões

do G1

A força-tarefa da Lava Jato fechou acordo de R$ 750 milhões, nesta quarta-feira (6), com a concessionária Rodonorte, investigada por pagamentos de propina, no Paraná.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o termo de leniência ainda deve ser homologado pela 23ª Vara Federal de Curitiba. (mais…)

Transparência? Tem certeza prefeitura de Londrina?

Hoje a comunicação da prefeitura de Londrina informou que esta terra vermelha é a Cidade Mais Transparente do país, de acordo com a Controladoria Geral da União, que produz a Escala Brasil Transparente – 360º.

Saltou do 585° lugar em 2016, para 20° na avaliação feita em 2018 e, agora, para o primeiríssimo lugar.

Deve ter algo errado por aí. Em 2017 a prefeitura de Londrina fez o diabo para esconder da população quanto seria o aumento do IPTU. Chegou a ser ridículo o jogo de gato e rato com os contribuintes. A transparência foi vilipendiada.

Não é o único caso. Vamos falar sobre a Licitação do Transporte Coletivo – suspensa pelo Tribunal de Contas que, no entendimento de advogados, não tem poder e muito menos é sua atribuição.

Um contribuinte, desde o ano passado, solicitou cópias dos contratos e das licitações anteriores do Transporte Coletivo. O protocolo está na Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização, datado de dezembro. A CMTU e a prefeitura não entregam de jeito algum.

 

Coleta de Lixo para em Toledo e PM descobre baita esquema de fraude

foto O Paraná

do portal Toledo News

O que era uma “simples” greve de trabalhadores pode virar escândalo nacional. A paralisação dos serviços de coleta do lixo em Toledo – feita pela empresa Transportec – entra hoje no quarto dia e, segundo os funcionários, os trabalhos só serão retomados depois que medidas eficazes forem tomadas. As principais são o conserto e a regularização dos caminhões que estavam em circulação. Só que o problema se revelou muito maior… A Polícia Militar constatou no sábado que os cinco veículos estavam com placas diferentes dos chassis, indicando serem falsas ou clonadas.

(mais…)

Deputados caçadores de Pokemon

Do blog do Tupan

Denise Rothenburg informa que prioridade do presidente Jair Bolsonaro agora é fazer as contas das reformas, certificando-se de que terá os votos necessários para aprovar a nova Previdência. Nesse trabalho, seus aliados calcularam que o Congresso concentra hoje, pelo menos, 150 “caçadores de Pokémons”, deputados que passam mais tempo de celular em punho, em lives nas redes sociais, do que nas articulações políticas. (mais…)

Saudades das escolas de samba de Londrina

Por Antônio Santiago

E distante geograficamente de Londrina, fiquei sabendo com tristeza que a cidade (mais uma vez) não teve desfile de escolas de samba. Bem diferente de antigamente, anos 70, quando as escolas de samba faziam a alegria do povo desfilando pela Avenida Paraná, hoje calçadão. A Unidos Independente, do mestre Cenival, a Chão de Estrelas do mestre João Carlos e a Bafo da Jibóia do mestre Belacosa. Nos anos 80, já na Leste/Oeste quem alegrava a massa era a Unidos do Jardim do Sol, a Navegantes do Mar Azul, do Jardim Leonor e a campeoníssima Quilombo dos Palmares do Cincão. Pelo visto os meus conterrâneos londrinenses agora vivem das glórias passadas, na política, no futebol e também no carnaval.

Municípios propõem parceria a Receita Federal para arrecadar o Imposto Territorial Rural

O presidente da Associação dos Municípios do Médio Paranapanema, Sérgio Onofre, juntamente com prefeitos e assessores de vários municípios da região estiveram reunidos na última sexta-feira  com o delegado da Receita Federal em Londrina, Luiz Fernando da Silva Costa. Eles foram propor uma parceria com o órgão para regularizar a situação dos municípios que têm convênio com a Receita Federal para arrecadação do ITR – Imposto Territorial Rural.

(mais…)