PSOL fará filiação hoje e amanhã em Londrina

Nos dias 29 e 30 de agosto o presidente nacional do PSOL – Partido Socialismo e Liberdade, Juliano Medeiros, estará nas cidades de Londrina e Ponta Grossa respectivamente, em campanha anual de filiação à legenda. A atividade faz parte de uma extensa agenda visitas a diversos municípios do Brasil, que até agora já incluiu Macapá (AP), Jundiaí e Guarulhos (SP), e Florianópolis (SC).
Em Londrina os interessados podem ligar para 43 9845-4406 ou comparecer à Rua Piaui, numero 106, sala 03. Perto da Concha Acústica.

Concorrência na Sercomtel

Saiu agora há pouco as notas técnicas das empresas de publicidade que concorreram à licitação para comandar a conta da Sercomtel.

CCZ (Curitiba) – 81

TRADE (Curitiba) – 73,8

ENGENHO (Londrina) – 66,8

Prioridade rural

Do Leandro Mazzini

Em meio às queimadas na Amazônia, a bancada ruralista no Congresso Nacional trata de outras “prioridades”, como a aprovação da PEC 187/2016 que pretende permitir atividades agropecuárias em territórios indígenas. O texto já foi aprovado na CCJ da Câmara, sob a relatoria deputado ruralista Pedro Lupion (DEM-PR). (mais…)

Promotoria de Apucarana quer que prefeitura demita 33 comissionados

do Canal 38

O promotor Eduardo Augusto Cabrini da 4ª Promotoria do Patrimônio Público de Apucarana, solicitou na última sexta-feira 23 de agosto de 2019, através de uma Recomendação Administrativa ao prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior, para que usando de suas atribuições legais providencie a exoneração de 33 servidores comissionados: (mais…)

Londrina, com 569 mil hab é maior que 7 capitais

21º RO Porto Velho 529.544 1,93%
22º AP Macapá 503.327 1,96%
23º SC Florianópolis 500.973 1,62%
24º AC Rio Branco 407.319 1,54%
25º RR Boa Vista 399.213 6,35%
26º ES Vitória 362.097 1,07%
27º TO Palmas 299.127 2,49%

Veja quais são as 25 maiores cidades do Paraná, segundo o IBGE

As 25 maiores cidades do Paraná

1) Curitiba: 1.933.105

2) Londrina: 569.733

3) Maringá: 423.666

4) Ponta Grossa: 351.736

5) Cascavel: 328.454

6) São José dos Pinhais: 323.340

7) Foz do Iguaçu: 258.532

8) Colombo: 243.726

9) Guarapuava: 181.504

10) Paranaguá: 154.936

11) Araucária: 143.843

12) Toledo: 140.635

13) Apucarana: 134.996

14) Pinhais: 132.157

15) Campo Largo: 132.002

16) Arapongas: 123.027

17) Almirante Tamandaré: 118.623

18) Piraquara: 113.036

19) Umuarama: 111.557

20) Cambé: 106.533

21) Fazenda Rio Grande: 100.209

22) Sarandi: 96.688

23) Campo Mourão: 94.859

24) Francisco Beltrão: 91.093

25) Paranavaí: 88.374

Fonte: IBGE

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/25278-ibge-divulga-as-estimativas-da-populacao-dos-municipios-para-2019

Extinção do IAPAR será discutida na Câmara de Londrina. E ouça o que diz o Secretário de Agricultura

Na sexta-feira, às 9h, haverá uma audiência pública na Câmara de Londrina sobre a intenção do governo do Paraná de fazer uma fusão do Iapar, Emater e outras instituições. Tá um brigueiro só pois a comunidade acredita que isso afetará em muito a pesquisa agrícola no Estado.

Em entrevista ao jornalista José Roberto, de OGazeteiro, o secretário de Agricultura do Paraná, Norberto Ortigara, que está na função desde o início do governo Richa, tenta explicar como será.

Fundo eleitoral sangra orçamento do governo

do Estadão

Enquanto a equipe econômica do governo federal se debruça em um plano para arrecadar R$ 20 bilhões para socorrer ministérios – 13 deles podem sofrer cortes em programas –, os deputados federais e senadores votam hoje, em reunião conjunta, projeto que destina aos partidos que os elegeram R$ 3,7 bilhões para custear as campanhas eletorais de 2020. (mais…)

Febre Aftosa na Assembleia do Paraná

Representantes de diversas entidades do agronegócio estão neste momento na Assembleia Legislativa do Paraná participando da audiência pública Paraná Livre de Febre Aftosa sem Vacinação.

Ruralistas consideram absurda a postura do governo do Paraná que deseja suspender a vacinação.

E o Moro vai desidratando

O Antagonista

Sergio Moro enviou um ofício a Paulo Guedes, para reclamar do corte de 32% no orçamento para 2020 do Ministério da Justiça.

O corte, segundo o ofício, criará um “alarmante cenário de inviabilização de políticas públicas de segurança, cidadania e justiça essenciais para a sociedade brasileira”.

Depois de tirar o Coaf, agora também tiram o dinheiro de Moro.

Rolândia prorroga prazo para aderir ao Profis

O Prefeito de Rolândia Luiz Francisconi assinou o Decreto Municipal Nº 9.346, que prorroga por mais 120 dias o Programa da Regularização Fiscal (PROFIS), instituído pela Lei Municipal nº 3.903, de 10 de Abril de 2019.  (mais…)

Bastidores da arte

Livro “Você também pode brilhar além dos palcos” é lançado em Londrina

O universo artístico é sempre lembrado pelos protagonistas que se destacam nos palcos, telas, exposições, passarelas e, atualmente, nas mídias digitais. Entretanto, há uma infinidade de profissionais que trabalham por trás dos holofotes para que os artistas desempenhem o seu papel da melhor forma possível. (mais…)

Ex-vereador preso

do MP PR

O Gepatria cumpriu nesta terça-feira (27) cinco mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva contra um ex-vereador de Nova Tebas – Vaudinei Borger – e seu pai. Ambos são suspeitos dos crimes de falsidade ideológica e ameaça a testemunhas nos processos nos quais o ex-vereador é réu, resultantes da Operação Antagônico, deflagrada em novembro do ano passado para apurar crimes de concussão que teriam sido cometidos pelo então vereador. Borger é acusado de extorquir o prefeito da cidade.

De olho na conta da publicidade da Sercomtel

Na quinta-feira (29) a Sercomtel vai divulgar as notas técnicas e a agência melhor colocada na licitação para a conta publicitária da empresa.

O orçamento é de R$ 4 milhões.

Participam da licitação as agências: Quest Comunicação Total Ltda; Trade Comunicação e Marketing; CCZ Publicidade e Marketing; Engenho Propaganda e Blancolima Comunicação e Marketing Eirieli.

Ponto extra de tv por assinatura. Briga antiga

Dias atrás o Procon divulgou que as operadoras de tv por assinatura não podem cobrar o ponto extra. Além disso, se o consumidor quiser ele pode comprar um decodificador próprio desde que seja compatível com o sinal da operadora.

Mas essa briga não é novidade.

Lá no ano de 2007 o ex-vereador de Londrina, Marcos De Freitas aprovou uma lei local que as operadoras não poderiam cobrar o ponto extra.