Alcoolismo: Gilmar Mendes zoa com o GAECO do Paraná

Do Analista dos Planaltos/Ze Beto

No julgamento encerrado ontem à noite no STF, que restabeleceu o preceito constitucional da presunção de inocência (ou que qualquer pessoa só poderá ser considerada culpada após sentença com trânsito em julgado), sobrou até para o Gaeco do Paraná. O ministro Gilmar Mendes lembrou do caso recente em que o ex-auditor da Receita Estadual Luiz Antônio de Souza, pivô da chamada Operação Publicano, foi preso com uma menor, num motel de Londrina, e teve essa parte da história “esquecida” pelos promotores que costuraram com ele um acordo de delação premiada sobre corrupção e propinas na atuação da Receita. O ministro questionava os limites e as concessões feitas por esses acordos. Depois, disse o ministro, o próprio chefe do Gaeco teria se envolvido num episódio de embriaguez ao volante. “Parece que o alcoolismo é um problema que acomete o Ministério Público”, emendou Mendes, arrancando gargalhadas do plenário do STF, obviamente usando como referência maior a fama do ex-PGR Rodrigo Janot.

Folha de Londrina vai mudar

Dentro de alguns dias o jornal Folha de Londrina deixará de circular no formato standard e passará para o formato Berliner. Para isso terá também que adequar o projeto gráfico.

O modelo promoverá uma redução nos custos do papel, principal insumo do jornal impresso.

Contas de João Mendonça reprovadas, por enquanto

E o vice-prefeito de Londrina, João Mendonça (MDB) se quiser ser candidato nas próximas eleições terá que recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral.

O TRE encontrou inconformidades na prestação de contas de Mendonça da campanha de 2018 quando ele foi candidato a deputado estadual. Por enquanto, as contas dele estão reprovadas.

Se não recorrer pode ficar fora da disputa.

Opção por celeridade

Ganhou força no Palácio a ideia de encampar a Reforma Tributária do pacote de leis relatado pelo deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), que já avançou bem em consenso entre congressistas e governadores, durante do Governo Temer. Como a Coluna citou anteriormente, o projeto, na visão de ministros palacianos e da cúpula do Congresso, atenderia com mais celeridade a demanda nacional sobre o tema. Assim o Governo ganha tempo (precioso) para tocar a reforma administrativa no pacote entregue pelo presidente Jair Bolsonaro na terça-feira.http://www.osul.com.br/opcao-por-celeridade/

Sandoz comemora 15 anos de Cambé

O complexo produtivo da Sandoz, divisão de genéricos e biossimilares do Grupo Novartis, em Cambé, completa quinze anos. Plataforma global da companhia, a unidade é a única fábrica de genéricos do Grupo Novartis na América do Sul, com 95% da produção destinada para o mercado nacional. Os 5% restantes são direcionados para países da América Latina e Europa. (mais…)

E aí Sercomtel? Vai responder?

E este blogueiro pediu informações ontem sobre a licitação da Sercomtel, para publicidade e, por enquanto, nada.

O que se sabe é que o recurso apresentado por uma das concorrentes até hoje não foi apreciado pela equipe da Sercomtel.

Enquanto isso, dá-lhe prorrogação de contrato com a empresa anterior.

Transmissão do Paranaense pode sair da RPC e ir para o Grupo Massa

do VEC

A RPC, as equipes profissionais e a Federação Paranaense de Futebol ainda não chegaram a um acordo sobre o patrocínio e a transmissão dos jogos do Paranaense 2020 para a TV aberta.

E nesse caminho pode surgir um novo grupo pra transmitir a competição: A Rede Massa. (leia mais)

Vice de dois Belinati

E o ex-deputado federal Alex Canziani da Silveira, dono do PTB do Paraná, pode dar um passo atrás para retomar sua carreira política.

Ex-vereador e deputado por vários mandatos, Canziani concorreu ao Senado na última eleição.

Em 2020 há quem diga que ele, que conseguiu nomear diversos de seus aliados no governo Marcelo Belinati, terá uma ação pessoal mais efetiva. É cogitado para ser o vice na chapa de Belinati que tentará a reeleição.

Caso isso realmente ocorra e Marcelo Belinati vença, Canziani colocará no currículo que foi vice de dois Belinati. O primeiro, o Antonio, em 1996.

Na casa de Ratinho ferreiro, o espeto é de pau

foto Vanderlei de Souza

Olha só que coisa curiosa, digna da famosa pergunta: pode isso Arnaldo?

O grupo Massa, do empresário Carlos Ratinho Massa, natural de Jandaia do Sul, pai do governador do Paraná, Ratinho Jr, comprou dezenas de emissoras de rádio, além de emissoras de Tv. O grupo não para de crescer.

A sede do grupo fica em Curitiba, capital deste nosso Paraná.

Pois bem. Ratinho, o pai, que recém adquiriu uma emissora do grupo Estadão, está levando a sede da sua empresa

para um prédio chique de São Paulo, e vai gerar empregos e receita no estado vizinho.

O prefeito de São Paulo agradece, e o governador João Dória, que verá mais dindim entrando no caixa de seu governo, agradece mais ainda.

Clima tenso entre Greca e deputados

do Fernando Tupan

A eleição do próximo ano vai marcar um divisor na política Curitiba, com o atual prefeito Rafael Greca (DEM) enfrentando pelo menos seis deputados federais (Ney Leprevost, Gustavo Fruet, Christiane Yared, Luizão Goulart, Luciano Ducci e Paulo Martins), um ex-federal (João Arruda), além de um senador (Oriovisto Guimarães) e dois deputados estaduais (Fernando Francischini e Maria Victoria). (mais…)

Por quê não julgou ainda?

E a telefônica Sercomtel até hoje não julgou o recurso administrativo apresentado por uma das agências de publicidade que concorreram à licitação para administrar a conta publicitária da empresa.

A licitação aconteceu em agosto.

Enquanto isso, dá-lhe aditivos contratuais com a agência que comandava a conta antes da licitação.

Londrina perde mais uma e namora o rebaixamento

do VEC

Impressiona como o Londrina Esporte Clube entra em campo e raramente dá a esperança ao torcedor de que pode vencer o adversário. (veja como foi)