Eleitora de Ibiporã terá que prestar serviços comunitários por danificar urna eletrônica

de O Londrinense

A pessoa que causar ou tentar causar danos físicos à urna eletrônica está sujeita às penalidades da lei. É o que está acontecendo com uma eleitora de Ibiporã, na Região Metropolitana de Londrina (PR), que nas últimas eleições presidenciais arrancou da tomada e atirou no chão um equipamento de votação. A urna, danificada, teve que ser substituída por outra de contingência e a eleitora foi presa em flagrante pelo policial que fazia a segurança no local. (leia mais)

4 a 1: Técnico do Londrina terá muito o que fazer pra deixar o time competitivo

Foto Gustavo Oliveira/LEC

do VEC

A derrota do Londrina Esporte Clube, por 4 a 1, para o Athletico Paranaense, no sábado, no estádio da Baixada, em Curitiba, deixou o torcedor preocupado. Não é para menos. O Tubarão havia vencido seus primeiros dois jogos – contra o PSTC e contra o Cianorte – mesmo sem, digamos, brilhantismo, somando seis pontos importantes. (leia mais)

, , , , ,

Ação publicitária privilegiou clientes de chefe da Secom

Da Folha de São Paulo
Sob o comando de Fabio Wajngarten, a Secom fez mudanças na estratégia da campanha de publicidade sobre a reforma da Previdência, a maior e mais cara do governo no ano passado. Emissoras clientes de uma empresa do secretário e TVs religiosas, apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro, acabaram favorecidas. A campanha foi feita em fases. Após Wajngarten assumir, a Globo foi excluída. (mais…)

E o estudo?

Zé Beto/Do correspondente em Brasília

A entrega do estudo gratuito do paulista Instituto Semeia (http://www.semeia.org.br/relatorio2018/), publicada no fim daquele ano, revelou o plano de concessões para iniciativa privada dos parques do Monge (Lapa) e Guartelá (Tibagi) e Ilha do Mel (Pontal do Paraná) – mas até agora nada. A pressa da atual administração foi para a concessão única do Parque Estadual de Vila Velha por 30 anos. Quem ganhou foi o consórcio liderado pela empresa do ex-deputado federal Eduardo Sciarra (PSD), que tem uma parcela das Cataratas do Iguaçu. Este detalhe não passou desapercebido por quem entende do assunto, já que Fernando Paiva Pieroni – presidente do Semeia – trabalhava nos assuntos regulatórios da Acende Brasil, que fornecia estudos e análises aos parlamentares federais na época de Sciarra. (mais…)

O desmonte do combate à corrupção

Deltan Dallagnol

Martin Luther King Jr., pastor e ativista norte-americano, lembrava sempre em seus discursos que “as classes privilegiadas nunca desistem dos seus privilégios sem forte resistência”. Privilégios que naquele distante ano de 1955, em Montgomery, no estado norte-americano do Alabama, levaram à prisão Rosa Parks, uma mulher negra de meia-idade, costureira, por se recusar a dar assento a um passageiro branco em um ônibus. Essa prisão foi o estopim de um movimento não violento contra a discriminação e a segregação racial nos Estados Unidos, liderado pelo jovem pastor Martin Luther King Jr., de Montgomery, então com apenas 26 anos. A mobilização pelos direitos civis se fez ouvir por meio de boicotes, marchas, ingresso e permanência pacífica em áreas reservadas a brancos, protestos e discursos. Antes de alcançar suas grandes conquistas, contudo, esse movimento amargou derrotas e dores. Em diversas cidades, enfrentou forte reação contra a população negra por meio de ameaças, violência, prisões, bombas e assassinatos. (mais…)

, , , , , , ,

Mas há quem queira ser inserido já na disputa

Se Alexandre Kireeff não quer, há os que desejam muito. É o caso do empresário Nelson Tsukahara que, decepcionado com a postura do partido NOVO que decidiu não disputar a eleição para prefeito – Londrina não deve ser assim tão importante no cenário nacional para o NOVO, tem só 570 mil hab, é apenas a 38ª em população das 5570 cidades brasileiras, maior que várias capitais -, também deu seu recado nas redes sociais.

Disse que Londrina é muito maior que o NOVO, por isso se desfiliou do partido e discute com algumas legendas. Ele quer ser candidato a prefeito e não abre mão.

Kireeff, incluam fora dessa: Ele não quer de jeito algum

No fim de semana o ex-prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, postou no seu perfil na rede social facebook que não deseja e não irá ser candidato nas eleições para prefeito.

Aliás, pediu, inclusive, para que as empresas de pesquisa retirem seu nome das sondagens que fazem pré-eleição.

Kireeff explica que muitos amigos e eleitores da cidade volta e meia o questionam se irá disputar a eleição e pedem para que participe. Ele disse que fica feliz com o carinho e tal mas, não há a menor possibilidade de que isso aconteça.

“Para evitar qualquer expectativa que não se confirme, quero deixar registrada a minha posição definitiva quanto às próximas eleições. Todos sabem o quanto sinto orgulho por ter exercido o cargo de prefeito de nossa cidade e sempre que posso procuro demonstrar minha gratidão à população por ter me propiciado esse privilégio . Entretanto, em que pese toda essa minha gratidão, preciso deixar claro que não existe qualquer possibilidade de disputar novamente o cargo de prefeito de Londrina. Acredito que já tenha dado minha contribuição à nossa cidade e todo mundo sabe que repudio a política profissional, assim como a reeleição, que em minha opinião deveria ser proibida por lei”, escreveu ele.

, ,

Reforma Tributária pode emperrar

O presidente Jair Bolsonaro chega ao Ministério da Defesa para reunião com o ministro Fernado Azevedo e Silva.

O presidente Jair Bolsonaro vê dificuldades na aprovação de uma reforma tributária no Brasil. Em viagem oficial à Índia, ele conversou com jornalistas sobre o tema e disse que sua experiência como parlamentar mostra que nenhum ente federativo aceita perder arrecadação e que isso inviabiliza a reforma.

“Passei 28 anos na Câmara e nunca chegou até o final uma reforma tributária porque não atende estado, município e União. E não atendendo um dos três, e ninguém quer perder nada, acaba todo mundo perdendo muito e o Brasil continua nesse cipoal tributário que dificulta você produzir, empregar.”

Contra a chuva

Da Agência Brasil

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do Desenvolvimento Regional, elevou o status de operação do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) para alerta máximo. Neste sábado (25), o governo federal realizou reunião com representantes de diversos órgãos para traçar um plano de ação nos municípios mais afetados pelas chuvas.

O governo federal decretou ainda, de forma sumária, o estado de calamidade pública nas cidades capixabas de Alfredo Chaves, Iconha, Rio Novo do Sul e Vargem Alta e a situação de emergência em Belo Horizonte e Contagem, Minas Gerais.

Governo deve editar MP para contratar empregados aposentados do INSS

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, disse hoje (24) que o governo deve editar uma medida provisória (MP) para que os empregados aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) possam ser contratados temporariamente para reforçar o atendimento nas agências e ajudar a reduzir o estoque de pedidos de benefícios em atraso.

Atualmente, o número de pedidos de benefícios previdenciários com mais de 45 dias de atraso está em cerca 1,3 milhão. (mais…)

Parceria com a India

da Agência Brasil

O Brasil e a Índia deverão desenvolver projetos em parceria para pesquisa e produção animal. Uma declaração conjunta assinada pelos dois governos foi celebrada durante a visita oficial do presidente da República Jair Bolsonaro ao país asiático.

Segundo nota do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a declaração “prevê cooperação em sanidade animal (comércio de animais, material genético e produtos de origem animal), que envolve pecuária e pesca; capacitação técnica (assistência técnica, cursos e estágios e transferência de tecnologia em reprodução animal) e pesquisa em genômica bovina e intercâmbio mútuo de germoplasma (material genético)”.

Há expectativa ainda de que o Brasil coopere na instalação de um centro de excelência em pecuária leiteira na Índia.