Destrava Londrina. Mas destrava mesmo?

do leitor Osvaldo Lima

Ouvi a imprensa falar do “destrava Londrina”.

Alguém acreditou nisso?

Se era ruim, com o Belinati ficou pior.

Agora a maioria das empresas vão precisar da Licença Ambiental Municipal independentemente de ser grande ou pequena empresa. Além dessa nova burocracia deixar mais caro (e bota caro nisso) a abertura de uma empresa em Londrina, o tempo para a abertura da empresa dobrou.

Tia Maristela dá pito, mas só fora de casa

Do Fernando Tupan

Esposa do senador Roberto Requião, que vive às turras com seu partido e até ameaçado de expulsão do PMDB, dona Maristela prega fidelidade absoluta. Deputados que votarem (ou votaram) a favor de Temer não mereceriam confiança. Seria um recado ao sobrinho deputado João Arruda que, na votação da Câmara que livrou Temer da degola, votou a favor do presidente? É o que a tia Maristela dá a entender com o recadinho ilustrado que postou nas redes sociais. As informações são do blog Contraponto.

Empresário usava selo falso pra mandar correspodência do governo

A partir de denúncia ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) no Paraná, a Justiça Federal condenou nesta semana um empresário acusado de utilizar mais de 11 milhões de selos falsos para realizar postagens nas agências dos Correios. José Dirceu Veiga foi sentenciado a seis anos e oito meses de reclusão no regime semiaberto pelo crime de uso de selos falsos entre os anos de 2012 e 2013. Além disso foi condenado ao pagamento de 20 dias-multa no valor unitário de 5 salários-mínimos vigentes em outubro de 2013, época do cometimento do crime. (mais…)

Sempre na Secretaria da Fazenda

Do blog do Zé Beto – Do enviado especial:

A Secretaria da Fazenda, sob o comando de Mauro Ricardo Costa, enviou à Assembleia Legislativa um projeto de lei para usar os famosos precatórios em pagamento de dívida ativa inscrita até dezembro de 2015 dos contribuintes paranaenses. Alguns detalhes chamam a atenção pois beneficiam os que estavam no Refis estadual e saíram. Exemplo: o Mercado Móveis, de Ponta Grossa, cujo sócio é o deputado estadual Marcio Pauliki  (PDT), além de algumas empresas de água mineral e refrigerantes. Há também a refinaria de Manguinhos (RJ) e distribuidoras de combustível que vieram aportar nos pinheirais no governo de Roberto Requião e deram os canos por aqui, mas estão com seus lobistas atuando na Assembleia Legislativa do Paraná: “O Projeto de Lei prevê o uso de 75% dos depósitos judiciais e administrativos, tributários ou não tributários, nos quais o Estado é parte, e de10% nas demais ações. O valor levantado será usado na quitação de precatórios segundo a ordem cronológica estabelecida ou ainda por meio de acordos diretos com os credores.”

O inofensivo Bolsonaro

Por Carlos Andreazza/O Globo

Houvesse uma direita no Brasil, e ele seria nota de rodapé exótica na história.

É produto da doença política brasileira

Jair Bolsonaro é candidato a presidente, tem cerca de 15% nas pesquisas e vem de alugar um partido para concorrer. Nunca, porém, geriu algo que não a vida dos filhos. Precisa, pois, ser tratado seriamente. Cabe ao jornalismo tirá-lo da bolha tuiteira em que alguém como ele pode ser considerado solução para o Brasil e lhe franquear microfones para que fale o que pensa sobre o país. (mais…)

Servidores discutem mudanças na contabilidade das prefeituras

Servidores dos setores de contabilidade das prefeituras da região de Londrina participam hoje do curso ” Plano de Contas da Receita Orçamentária ” promovido pelo Tribunal de Contas- PR, em parceria com a Amepar, Associação dos Municípios do Médio Paranapanema. O evento está acontecendo no teatro do Mãe de Deus e reuniu mais de 400 servidores.

(mais…)

Sérgio Souza e a consequência de votar pró Temer

Votar a favor do Temer ou contra o Temer deve ter sido uma escolha complicada para os deputados. Mais do que o sentimento justo de que quem cometeu crimes tem que ser punido com rigor, independentemente do cargo que ocupa, parlamentares pensaram muito no próprio umbigo – ou, traduzindo, nos cargos que têm no governo, nos benefícios que lhe são conferidos, etc.

O deputado Sérgio Souza (PMDB), que foi suplente de senador de Gleisi Hoffmann (PT), e sempre foi grudado em Orlando Pessuti – ex-governador do Paraná – votou pelo arquivamento da denúncia.

(mais…)

PF investigou Gleisi Hoffmann e diz que há indícios de corrupção

do G1

A Polícia Federal concluiu um inquérito que investigou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e apontou indício dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Em nota divulgada nesta segunda-feira (7), a PF informou que a senadora recebeu propina da Odebrecht disfarçada de doação eleitoral em 2014. (mais…)

Filarmônica da Unicesumar é aplaudida de pé em Londrina

foto Mais Comunicação

A apresentação da Orquestra Filarmônica da Unicesumar, ocorrida ontem (6) no início da noite no aterro do Lago Igapó, atraiu um público de todas as idades.

Regida pelo maestro Davi Oliveira e com um repertório variado, passando por músicas napolitanas, sinfonia clássicas, temas de filmes como O Pirata do Caribe, e música brasileira, a Orquestra encantou os presentes e foi aplaudida de pé. (mais…)

Passado condena: plateia de encontro de moradia popular cobra Gleisi Hoffmann

POR ANCELMO GOIS

Presidenta nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann foi a estrela do 14º Encontro da União Nacional por Moradia Popular, em São Paulo, sexta. Ela se sentia em casa até que surgiram da plateia várias reclamações de que, no poder, o PT não tinha sido “essa Brastemp toda”, inclusive com o movimento.

A meta de Tiago Amaral

Há quem esteja pensando seriamente na eleição de 2018. Mas alguns deles já estão pensando, além de 2018, em 2020.

Um destes políticos é o “socialista” Tiago Amaral (PSB).

Amaral está fazendo um trabalho pesado para se reeleger deputado estadual para depois disputar a prefeitura de Londrina.

É a meta.

PPS começa a definir nomes para 2018

André Trindade, Elza Correia, Tercilio Turini e Rubens Bueno

No sábado o PPS de Londrina reuniu-se na Câmara para a definição do novo dietório – que terá como presidente Walmir Matos – e discutir nomes para a eleição de 2018.

Há a possibilidade, dependendo do que ocorrer com a reforma política e a configuração do quadro estadual para a disputa das duas vagas para o Senado, que o deputado Rubens Bueno dispute a Câmara Alta – que chique, Câmara Alta. Neste caso, o deputado estadual Tercilio Turini poderia se aventurar para a Câmara Federal e Elza Correia e André Trindade disputariam a Assembleia Legislativa.

Óbvio que tudo pode mudar. Mas por enquanto, todos os da foto são candidatos a alguma coisa.

Sercomtel diz isso e faz aquilo

No final da gestão de Alexandre Kireeff a Sercomtel possuía 2 cargos em comissão, mas em abril de 2017 – já na administração Marcelo Belinati – passaram a ser 6, e no último mês de maio o conselho da telefônica autorizou a criação de mais 3 cargos comissionados, conhecidos pelo codinome de Assessores Especiais, mesmo após o anúncio de medidas restritivas na empresa e do rombo orçamentário.
A sócia minoritária Copel que possui 8.453 empregados não possui nenhum assessor especial, conforme informa o seu site (http://bit.ly/2waddf3).

(mais…)

Página 5 de 471« Primeira...34567...102030...Última »