Nada a temer, diz Richa, Lula, Dilma….

PT e PSDB são parecidos em muitas coisas. Nasceram, por exemplo do mesmo núcleo do antigo MDB. Mas se há algo em que são idênticos é a mania de dizer que não sabia de nada sempre que estoura um escândalo em sua seara.

Ontem, ao passar por Londrina, o governador Beto Richa negou qualquer envolvimento com o repasse de recursos desviados de escolas, para sua campanha eleitoral em 2014. A operação Quadro Negro, investiga desvios na Secretaria da Educação. Richa disse que é intransigente com a corrupção e que investigações serão abertas até mesmo para o Ministério Público (MP). A ex-procuradora jurídica, Úrsula Andreas Ramos, da empresa Valor Construtora e Serviços Ambientais disse ao MP, que parte do dinheiro teria sido desviado para a campanha política de Richa e de outros três deputados: Ademar Traiano (PSDB), Tiago Amaral (PSB) e Paluto Miró (DEM). Todos negaram envolvimento.

Me engana que a polícia não sabe quem são os receptadores de cabos, vai me engana

Como você leu no post anterior, a telefônica Sercomtel registrou 110 boletins de ocorrência na Polícia de Londrina em 2015.

Com tantas denúncias de roubo de cabos telefônicos, que prejudicam não apenas a empresa, mas a população que fica sem telefone, sem internet, não dá para acreditar que é relegado a segundo plano pela Polícia.

Com tantos informantes que a Polícia tem, não da para acreditar que ela não saiba quem são os ladrões e os receptadores.

Falando sério, é uma pusta vergonha isso estar acontecendo na cidade sem qualquer providência efetiva da polícia.

Roubos de cabos telefônicos ajudam a piorar o caos em Londrina

Da Assessoria

Um furto de cabos telefônicos de grande proporção deixou o Patrimônio Regina sem telefone fixo. Os ladrões levaram mais de 1 mil metros de cabos metálicos e cerca de 100 telefones da localidade estão sem comunicação. O furto aconteceu na Rodovia Mabio Gonçalves Palhano, entre a Venda do Alto e a entrada do Patrimônio. Técnicos da Sercomtel estão definindo qual a melhor alternativa para restabelecer o mais rápido possível a comunicação na localidade, que pode ser a instalação de um armário óptico ou lançar um novo cabo telefônico. Em função da extensão do trabalho que será necessário por parte da operadora, a previsão é que os telefones fixos voltem a funcionar até a próxima segunda-feira. (mais…)

Em Cascavel, pré-candidato Paranhos chuta o apoio do atual prefeito do qual foi vice

E o deputado estadual Paranhos (PSC), pré candidato à prefeitura de Cascavel, diz que não quer nem saber do apoio do atual prefeito Edgard Bueno. E olha que o cara foi vice do atual prefeito.

E ele não é nem um pouco doce ao se referir a Bueno. Em entrevista a CBN de Cascavel ele disse que não “aceita cabresto de ninguém”.

E mesmo na Assembleia, votando contra projetos de interesse do governo Richa, quer que ele o apoie.

Prejuízo em Londrina pode chegar a 50 milhões

Levantamento preliminar feito pela prefeitura de Londrina mostra que os prejuízos provocados pela chuva podem chegar em 50 milhões de reais. O prefeito Alexandre Kireeff lembrou que foram 19 pontes destruídas pelas chuvas, além de 400 quilômetros de estradas rurais completamente devastados e muitos prejuízos no patrimônio urbano. Segundo o prefeito, as equipes da Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação já tomaram diversas providências na área urbana desde quarta-feira (13), realizando muitos consertos e adequações em vias públicas. “Acredito que as desobstruções em funções de deslizamentos já tenham sido totalmente finalizadas”, disse.

Richa, não é hora de só sobrevoar, é hora de tomar decisões para ajudar as cidades atingidas pela chuva

Logo que assumiu o primeiro mandato de governador, Beto Richa enfrentou um problema parecido como este caos que está ocorrendo em Londrina e região.

Tomou algumas atitudes: Fez uma ato administrativo prorrogando os prazos para o pagamento do ICMS das cidades atingidas – Paranaguá, Morretes, Antonina – para dar fôlego a elas para superar a crise.

Acionou a Fomento Paraná que passou a liberar créditos para pequenas empresas afetadas pela chuva – dinheiro para limpar o estabelecimento, trocar uma porta arrebentada, capital de giro.

Poderia também adiar o pagamento de impostos estaduais , como o IPVA, para as famílias atingidas.

 

Das curiosidades das falastranças do governo Richa

Há semanas ele arrota que o governo equilibrou as contas; que está dando aumento para o servidor e que o Estado tem R$ 6,8 bilhões para investir em 2016.

Aí São Pedro abusa um pouco da água, provoca estragos em 44 cidades; em Londrina pontes caíram, condomínios e bairros ficaram isolados.

O governador passeia de helicóptero pelo local.

E depois dá a declaração de que o governo não tem como disponibilizar os recursos imediatamente, cerca de R$ 100 milhões para atender as áreas afetadas.

Só para relembrar, governador deste Paraná, são essas pessoas que ficaram sem casas, sem vias de acesso, sem esperança, que engordaram o caixa do governo quando V.Excia retirou subsídios da cesta básica, aumentou o IPVA absurdamente em 40%, etc, etc.

São essas pessoas e essas cidades que precisam, com urgência, de ajuda.

 

A justiça que tarda: Julgamento de Carli Filho é adiado mais uma vez

Mais uma frustração para os que desejam o julgamento do ex-deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho, acusado de envolvimento em um acidente de carro em 2009 quando morreram dois rapazes. O carro dirigido por Carli Filho trafegava a uma velocidade de 163km/hora pelas ruas de Curitiba.

O julgamento, juri popular, seria realizado no dia 21 de janeiro. A defesa dele conseguiu uma liminar no STF e o julgamento foi novamente adiado.

Na época do acidente, Carli Filho estava com a carteira de habilitação cassada. O ex-deputado estadual tinha 130 pontos na carteira e 30 multas, sendo 23 delas por excesso de velocidade.

Vereador é detido bêbado e com porte ilegal de arma

O vereador de Cambira, Ulysses Moya, foi detido em Apucarana por porte ilegal de arma e embriaguez ao volante. A polícia encontrou com ele, um revólver Taurus, calibre 38, com numeração raspada. O vereador disse que andava armado após receber ameaças de adversários políticos na cidade.

Richa vem a Londrina hoje

Hoje o governador Beto Richa, estará em Londrina e região para verificar os estragos da chuva. Richa irá conceder uma entrevista coletiva, onde vai falar sobre as providências tomadas para  ajudar as cidades prejudicadas. O governador também vai sobrevoar as cidades de Jataizinho e Rolândia. Londrina é o segundo município com o maior número de pessoas afetadas pela chuva. São 1.795 pessoas, de acordo com a Defesa Civil.  A cidade de Jataizinho foi a maior afetada com mais de 6 mil pessoas atingidas.

É pra assustar: Londrina teve oito abalos em menos de oito dias

Segundo o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), Londrina teve oito abalos sísmicos entre os dias 10 e 12 deste mês, com epicentro na região leste de Londrina. Estes abalos foram captados por sismógrafos portáteis. Porém os abalos não são somente em Londrina. Em Cambé, casas também foram danificadas, com rachaduras após os tremores.

Durval Amaral, de novo! Isso não para nunca?

O Conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná, Durval Amaral, começou sua carreira política em Cambé. Foi secretário municipal. Depois disso ocupou cargos políticos em diversos governos, elegeu-se deputado estadual e nunca mais parou.

Desde a década de 90, nos rolos do Banestado, que faliu e foi vendido a preço de banana, o nome de Durval Amaral é citado nas rodas políticas como beneficiário de esquemas, caixa dois etc.

Ficou rico. Sempre foi parceiro dos governos do momento e ganhou como prêmio um cargo vitalício de conselheiro do Tribunal de Contas.

Para dar continuidade à dinastia, conseguiu para o filho Tiago um cargo na assessoria da Secretaria de Desenvolvimento Urbano. Através dele, viajava pelos municípios do Paraná entregando verbas da Secretaria e formando uma base eleitoral.

Fez uma campanha considerada milionária pelos adversários.

Depois de assumir o cargo de deputado, Tiago foi acusado de envolvimento na Operação Publicano, sendo emissário do pagamento de propina de empresários para fiscais da Receita.

Agora mais uma denúncia. Ele é citado, junto com o pai Durval, os deputados Traiano e Plauto Miró, além do governador Beto Richa, como beneficiário dos desvios de recursos apurados na Operação Quadro Negro.

Até quando isso?