Pode isso Arnaldo?

Sérgio Vanzo administrador distrital do Patrimônio Regina e Espirito Santo, em Londrina, convocando para amanhã, através das redes sociais, reunião com o vereador Guilherme Belinati, na chácara do Tio, conhecida como Irmãos Vitorino ou Chácara da Dinda.

Perguntas:

  • O cara é administrador distrital nomeado pela prefeitura, pode organizar reunião política em favor de um vereador?
  • Em tempos de pandemia e de o prefeito recomendando que as reuniões não tenham mais do que dez pessoas, isso será respeitado?
  • Todo mundo vai usar máscara e alcool em gel?
  • Haverá distanciamento social?

Em Florestópolis a eleição está um fervo

Se tem um lugar em que a política é visceral é a cidade de Florestópolis. Lá o atual prefeito Nelson Correia Junior e o ex-Onicio de Souza estão se digladiando pelas redes sociais.

A pancadaria corre solta. Trocas de acusações, denúncias, tem de tudo.

Os dois concorrem para ver quem comandará a cidade em 2021.

Cautelar suspende

do Tribunal de Contas

O possível direcionamento do Pregão Presencial nº 53/2020, lançado pela Prefeitura de Londrina, levou o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) a determinar, via medida cautelar, a imediata suspensão do andamento da licitação. O objetivo do certame é a contratação de serviços de apoio à gestão de trânsito, com a implantação, operação e manutenção de sistema de videomonitoramento e Centro de Controle Operacional para a fiscalização automática de tráfego. (mais…)

Caso Sitio de Atibaia: TRF4 Rejeita embargos de declaração de Lula

do Conjur

Por unanimidade, a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região rejeitou os segundos embargos de declaração interpostos pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva relativos à condenação pelo caso do sítio de Atibaia (SP). (mais…)

Colisão frontal

Do Leandro Mazzini

A Renault vai mandar embora 745 funcionários da fábrica do Paraná. Não poderia, porque empresa com benefícios fiscais é proibida de demissão em massa, segundo a Lei estadual 15.426. Mas um trecho do Artigo 4º, de cara, abre exceção para: “salvo por justa causa ou motivação financeira obstativa da continuidade da atividade econômica”. Deve recorrer ao cenário crítico da pandemia no mercado.

Placa de alerta

No Artigo 2º, fica claro que a empresa perderá os incentivos fiscais se não comprovar os motivos usados na demissão.

 

Sete deputados votaram contra o Fundeb. Dois deles do Paraná. Advinha quem…

Nos próximos seis anos, a parcela da União deverá passar dos atuais 10% para 23% do total do Fundeb, por meio de acréscimos anuais. Assim, em 2021 começará com 12%; passando para 15% em 2022; 17% em 2023; 19% em 2024; 21% em 2025; e 23% em 2026. 17 milhões de novos alunos devem ser beneficiados pelo Fundo.

Mesmo assim, estes deputados pensam diferente: Paulo Martins (PSC-PR), Bia Kicis (PSL-DF), Chris Tonietto (PSL-RJ), Filipe Barros (PSL-PR), Junio Amaral (PSL-MG), Luiz P. O.Bragança (PSL-SP) e Márcio Labre (PSL-RJ).

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Câmara aprova o Fundeb

do El País

Depois de cinco anos de discussões, a Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, com votação quase unânime, o novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, o Fundeb. A proposta de emenda constitucional 15/2015 teve o voto de 499 deputados a favor e apenas 7 contrários à mudança no principal mecanismo de financiamento da educação básica do Brasil, que estava prestes a expirar. Como é uma emenda constitucional, eram necessários 308 votos entre os 513 deputados. O texto agora vai para o Senado.

(mais…)

Conheça o projeto de Reforma Tributária

da IstoÉ

O ministro da Economia, Paulo Guedes, entregou, na tarde de hoje (21), a proposta de reforma tributária do governo. Guedes esteve no Congresso em reunião com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Agora, a proposta trazida por Guedes será incorporada às propostas de reforma tributária da Câmara e do Senado, ambas já em discussão no Congresso, em comissão especial mista. (mais…)

Tribunal de Contas exige transparência no Portal de Assaí

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) acolheu Denúncia apresentada por Benedito Silva Júnior, na qual ele apontou a falta de detalhamento, no Portal da Transparência da Prefeitura de Assaí (Norte Pioneiro), de informações relativas a receitas e despesas, contratações, fornecedores e prestações de contas do Hospital Municipal. (mais…)