A Copel já se preparou para desembarcar da Sercomtel

O que mais existe é a cultura do “é possível, nós vamos fazer” na política.
Mas quando o gestor vai enfrentar o drama da receita pequena e a despesa grande e que só aumenta, aí vai a famosa frase: “a dificuldade do momento político e da conjuntura econômica que o Brasil vive”.
E dá-lhe aumento de IPVA, ICMS, Taxas do Detran e ITCMD pelo Beto Richa, CIDE, PIS e Cofins pelo Michel Temer, IPTU, ITBI e Taxas do Lixo e outras cositas pelo Marcelo Belinati.
Cortar na carne não é possível?

(mais…)

, , , , , ,

Finanças da Sercomtel, clareando… ou não

Ontem publiquei sobre os dirigentes financeiros da empresa (http://bit.ly/2ggHjql) e chamou a atenção que o responsável por apresentar os números na sessão descarrego da Sercomtel na frente do Prefeito e convidados foi Edilson Moreira (Sercomtel Contact Center), já que a atual diretora Rosangela Miqueletti – indicada pelo ex-presidente Luiz Adati – nada disse no evento.

(mais…)

, , , , , ,

Abacaxi nas mãos do novo presidente da Sercomtel

Em 6 de outubro o ex presidente da Sercomtel, o agrônomo Luiz Carlos Adati que saiu 3 dias depois, por recomendação do Ministério Público Estadual por desacordo com a lei federal 13.303 de 2016, assinou a resolução 119/2017 e publicada no jornal oficial de Londrina, no dia 11, que determinava sanções a  contrato da empresa – “1. Determinar que seja realizada uma auditoria interna em relação à execução do contrato de recargas virtuais, firmado com a empresa Tendência Informações e Sistemas Ltda., com fundamento na Cláusula Décima Segunda do respectivo contrato; 2. Determinar, também, que os trabalhos da auditoria sejam extensivos à execução dos demais contratos firmados pela empresa, para vendas através de recargas virtuais, com a finalidade de certificar que não estão ocorrendo situações similares ao fato ocorrido com a empresa Tendência Informações e Sistemas Ltda., conforme apontamentos realizados no relatório da Comissão de Sindicância”.

(mais…)

, , , , ,

Belinati à espera do milagre, aliás, de vários

Hoje à tarde o prefeito de Londrina Marcelo Belinati participou de uma entrevista coletiva para anunciar o novo presidente da telefônica Sercomtel – Hans Muller – e repetir o que imagina ser possível fazer para salvar a empresa.

O prefeito tenta manter as aparências e o otimismo, mas sabe que a missão é complicada. Para solucionar, temporariamente, os problemas e dar sobrevida à empresa, Belinati quer que o governo do Paraná e a Copel sejam parceiros efetivos da Telefônica, o que, até o momento, não demonstram vontade. Belinati quer, por exemplo, perdão de dívidas de ICMS; quer que a Copel participe de investimentos para modernizar os serviços e oferecer fibra ótica. Além disso, reza ainda para que a Agência Nacional de Telecomunicações dê um alívio nas medidas que tem dado indícios que irá tomar contra a empresa londrinense. (mais…)

, , , , ,