Câmara aprova lei que permite a venda da Sercomtel

Foto Devanir Parra

Da Assessoria da Câmara

Após quase quatro horas de discussões, que incluíram interrupções para manifestações de funcionários e de representantes do Executivo, os vereadores aprovaram na sessão ordinária desta tarde, em segunda discussão, o projeto de lei nº 40/2019, que permite ao Município privatizaa Sercomtel S.A. Telecomunicações. A matéria foi aprovada com 14 votos favoráveis e cinco contrários, na forma do substitutivo nº 1 e com três emendas do Executivo, para correções redacionais e para garantir que o controle acionário das subsidiárias Sercomtel Iluminação e Sercomtel Contact Center seja mantido com o Município, além de permitir que sejam feitas alterações na denominação e no objeto social destas duas empresas. (mais…)

, , , , ,

Ausência percebida

O engenheiro civil Cláudio Tedeschi, presidente da Sercomtel, não foi na tradicional cerimônia de posse do presidente da Copel e neto do ex-governador Paulo Pimentel, o antigo proprietário do grupo SBT, hoje nas mãos da família Massa. (mais…)

, , , , , ,

Planos para Salvar a Sercomtel são apresentados pelo prefeito Marcelo Belinati

Hans Muller e Belinati – Foto Divulgação

E o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, convocou a midia pra explicar o que está sendo proposto para manter a telefônica Sercomtel com as portas abertas, pelo menos por enquanto. (mais…)

, , , , ,

“Conselheiras da Copel orientam acompanhamento da situação da Sercomtel

A mais recente reunião do conselho de administração da Copel, realizada em 13 de junho aprovou, entre outras coisas, a política de dividendos da companhia. Entre os demais temas tratados, as conselheiras Leila Abraham Loria e Olga Stankevicius Colpo registraram o seu descontentamento com relação à demora na implementação do plano de trabalho para análise de desinvestimento de ativos não estratégicos da companhia. (mais…)

, , ,

E a Algar, topa comprar a Sercomtel?

A Sercomtel chegou a ser oferecida para a mineira Algar Telecom. A Algar já atua nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, além do Distrito Federal.

Porém, o comando da Algar mostrou-se até interessado na Sercomtel se junto com a londrinense também fosse incluída no pacote a Copel Telecom, empresa da Copel, sócia da Sercomtel.

Quem milita no setor diz que outra possibilidade é as empresas que poderiam adquirir a Sercomtel estejam aguardando a decretação da caducidade, neste caso, poderiam adquirir a londrinense na “bacia das almas”, a um valor irrisório.

, , , ,

Comissão na Sercomtel a todo vapor

Atendendo a recomendação do Ministério Público do Paraná a Sercomtel após pedir a saída do ex presidente Luiz Carlos Adati, uma comissão de experts foi montada para reavaliar pela Lei das Estatais cada currículo dos seus diretores e já chegou a conclusão que Claudio Espiga, diretor técnico da Sercomtel Iluminação, não atende aos requisitos mesmo sendo aposentado da Prefeitura da UEL. A comissão, que é composta por técnicos da telefônica, concluiu que Espiga participou ativamente da campanha eleitoral do prefeito Marcelo Belinati: além das postagens de cunho político-eleitoral em sua página no facebook, o engenheiro também gravou depoimento de apoio para a TV, com imagens no canal do youtube de Marcelo Belinati (VEJA AQUI) que o indicou para o cargo. (mais…)

, , , , ,

Olha quem está na Copel. Manda no Londrina, dirige a empresa de eletricidade

E quem é diretor de empresa controlada pela Copel?
Ele, Sergio Luiz Malucelli, que de gestor de futebol do Londrina Esporte Clube e sócio proprietário da SM Sports aparece na Cutia Empreendimentos Eólicos como diretor adjunto, onde Jamar Rossoni, primo do deputado Valdir Rossoni (Chefe da Casa Civil de Beto Richa) é presidente.
Na mesma empresa no Conselho Fiscal tem os secretários de Richa, Deonilson Roldo e Norberto Ortigara (Chefe de Gabinete e Comunicação Social – Agricultura) e no Conselho de Administração Fábio Antonio Dallazem, Ricardo Rothstein e Jamar Rossoni Clivatti. http://bit.ly/2hRwxas
, , , ,

A Copel já se preparou para desembarcar da Sercomtel

O que mais existe é a cultura do “é possível, nós vamos fazer” na política.
Mas quando o gestor vai enfrentar o drama da receita pequena e a despesa grande e que só aumenta, aí vai a famosa frase: “a dificuldade do momento político e da conjuntura econômica que o Brasil vive”.
E dá-lhe aumento de IPVA, ICMS, Taxas do Detran e ITCMD pelo Beto Richa, CIDE, PIS e Cofins pelo Michel Temer, IPTU, ITBI e Taxas do Lixo e outras cositas pelo Marcelo Belinati.
Cortar na carne não é possível?

(mais…)

, , , , , ,

Richa tira da reta e diz que problema da Sercomtel é de gestão e planejamento

O governador do Paraná Beto Richa esteve ontem em Londrina participando de um evento de igrejas evangélicas. E, obviamente, depois de o prefeito Marcelo Belinati ter dito na reunião com lideranças empresariais e de entidades da cidade que a salvação da Sercomtel passaria pelas mãos de Richa, ele foi questionado pela imprensa.

E não se fez de rogado, deixando claro que não está disposto a segurar a jaca que ele não plantou e nem colheu. “O que o governo puder fazer pela Sercomtel nós iremos fazer. O problema é planejamento, é gestão, para que possa fazer frente no mercado contra importantes companhias que têm maior escala, isso tudo gera uma dificuldade tremenda”.

Richa também desconversou quando foi questionado se o governo poderia perdoar as dívidas fiscais da empresa junto ao governo. “Isso tem que ser discutido. Não adianta um ou outro fato isolado, isso não vai salvar a empresa.

 

 

, , , , ,

Finanças da Sercomtel, clareando… ou não

Ontem publiquei sobre os dirigentes financeiros da empresa (http://bit.ly/2ggHjql) e chamou a atenção que o responsável por apresentar os números na sessão descarrego da Sercomtel na frente do Prefeito e convidados foi Edilson Moreira (Sercomtel Contact Center), já que a atual diretora Rosangela Miqueletti – indicada pelo ex-presidente Luiz Adati – nada disse no evento.

(mais…)

, , , , , ,

Reunião na Sercomtel, decisão: jogar a criança no colo do governador

Pois muito bem. Acabou agora há pouco a reunião entre o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, o presidente da Sercomtel Hans Muller, presidentes e diretores de entidade, populares, vereadores, etc, etc.

Convocada pelo prefeito, até que houve boa resposta no quesito presença. Houve discursos sobre a importância da Sercomtel para a cidade e para a região; sobre como é bom (?) ter uma empresa telefônica própria e coisa e tal. Quase nada se falou sobre as bobagens feitas no comando da empresa em todos estes anos, bobagens políticas, bobagens administrativas, bobagens corporativas. (mais…)

, , , , , ,

Belinati busca apoio para a pá de cal?

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati e o presidente da telefônica Sercomtel, Hans Muller convocam a sociedade, empresas etc para discutir o que fazer com a empresa.

É mais um jogo político do que realmente busca de solução. Ele não quer ficar com a jaca sozinho. E antes que os comissionados do prefeito encham o saco, digo já, não, não é culpa deste Belinati atual a situação que a Sercomtel se encontra – que também andou fazendo umas trapalhadas escalando para comandar a empresa um grupo de pessoas que não se enquadra na Lei das Estatais.  Mas a fila de culpados é gigante e pode incluir aí de má gestão, mercado competitivo, uso político da empresa, etc, etc. (mais…)

, , , , ,