Richa: Lava Jato bloqueia R$ 20 milhões

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) deve estar feliz da vida. Além de ser alvo de várias ações na justiça, ontem teve quase R$ 20 milhões bloqueados devido a Operação Lava Jato.

 

“Ganhou quem teve menos Traições”

No início da votação ontem na FIEP, o candidato José Gizi abraçou um dos eleitores e confidenciou talvez prevendo o resultado final: “Vai ganhar quem tiver menos traições”.

O fato é que os dois candidatos tinham promessas de voto da maioria.

Alguns prometeram e não cumpriram para ambos, Gizi e Carlos Walter.

 

Políticos derrotados

O resultado da eleição de ontem que escolheu o novo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná, mostrou, mais uma vez, que é possível derrotar políticos profissionais quando estes querem interferir em entidades empresariais.  (mais…)

Carlos Walter vence eleição da FIEP

Assessoria FIEP

Possivelmente foi uma das eleições mais tensas na Federação das Industrias do Estado do Paraná. O industrial Carlos Walter é o novo presidente da FIEP. Ele venceu a eleição com 49 votos contra 47 do adversário Jose Gizi.

, ,

Vamos inovar: mais pedágios no Paraná

Nada como um governo inovador.  Mais pedágios nas rodovias.

Um acordo assinado ontem entre o governador Ratinho Junior (PSD) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, prevê que o Paraná terá concessões de pedágio em mais seis rodovias que cortam o Estado. (mais…)

Furar fila no SUS dá cadeia

do Contraponto

Operação do Ministério Público que investiga agentes públicos e médicos em organização criminosa que cobrava indevidamente de pacientes para furar a fila do Sistema Único de Saúde (SUS) em diversas cidades paranaenses, já resultou, até esta quarta-feira (14) em denúncias de 43 pessoas. (mais…)

R$ 270 milhões em propina pro PT? Rapaz… é dinheiro heim?

Olha aí. O ex-ministro Antonio Palocci disse em delação que o PT recebeu R$ 270,5 milhões em propina entre 2002 e 2014, informa a revista Veja.

Bastidores tensos

O orçamento da FIEP é de mais de R$ 800 milhões. E a pressão nos bastidores é grande. Secretários do governo Ratinho Jr,  entre eles Norberto Ortigara, Beto Preto, Eduardo Sciarra,  gastaram os dedos de tanto que ligaram para o eleitores pedindo votos para Gizi.

A votação será na Sala dos Conselhos, no Campus da Indústria, em Curitiba, das 12 às 18 horas.

 

Eleição na FIEP

Hoje ocorre em Curitiba a eleição para  escolher o novo presidente da poderosa Federação das Indústrias do Estado do ParanÁ. São 96 votos em disputa. Concorrem os empresários Carlos Walter e José Gizi.

Sercomtel Iluminação participa do programa de ressocialização

Por Marcelino Jr

Oportunidade para quem precisa e merece. Um grupo de seis apenados, com idade média de 27 anos, está trabalhando permanentemente na Sercomtel Iluminação, e mais: tem conquistado muitos elogios dos seus superiores. O trabalho faz parte de um convênio firmado entre a SI e o Centro de Reintegração Social de Londrina (Creslon), que integra o Departamento de Execução Penal do Paraná (Depen). A atividade com o grupo é realizada desde abril e preenche os requisitos da política de responsabilidade social da empresa de iluminação londrinense. (mais…)

Sete auditores condenados na Publicano 6

Reprodução RPCDa Folha de Londrina/Guilherme Marconi

O juiz da 3ª Vara Criminal de Londrina, Juliano Nanuncio, condenou sete auditores fiscais da Receita Estadual do Paraná a oito anos e sete meses pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção passiva tributária no âmbito da Operação Publicano 6. Nesta fase, o MP (Ministério Público) apontou que os funcionários do órgão fazendário exigiram vantagem pecuniária indevida para não fiscalizar as cargas de cerveja transportadas irregularmente pela Debal Distribuidora, empresa sediada em Londrina, deixando de recolher os tributos devidos nas operações em postos fiscais do Estado.  (mais…)

Começa amanhã a reforma do Pronto Atendimento Infantil de Londrina

Inaugurado em 1999, ainda no século passado, o Pronto Atendimento Infantil de Londrina vai ser reformado, ou praticamente reconstruído. Sem ter passado por uma reforma ampla desde então, o prédio tem muitas infiltrações, rachaduras, etc.

As obras estão orçadas em R$ 3,5 milhões. E se iniciam pelo térreo – nível da Avenida Duque de Caxias.

Enquanto acontecem as obras, toda a estrutura do PAI será transferida para o prédio do antigo Hospital Ortopédico, na esquina das avenidas Duque de Caxias e JK.