Sanepar tenta explicar na Assembleia o aumento monstro na tarifa da água

Neste momento o diretor presidente da Sanepar, Cláudio Stábile e lideranças do governo estão na Assembleia Legislativa do Paraná para tentar explicar o motivo do reajuste monstro da tarifa da água em relação a inflação do ano passado. A Sanepar quer espetar 12,13% no bolso do paranaense.

Aliás, comentou Stabile, até a mãe dele reclamou do reajuste.

, ,

Dead Kennedys usa rede social para desautorizar cartaz polêmico, e depois apaga o post

Da Rádio Gaúcha

cartaz usado para anunciar os shows dos Dead Kennedys no Brasil “não foi autorizado” e “foi divulgado pelo promotor dos shows sem o conhecimento” da banda, segundo comunicado divulgado pelos membros do grupo em sua página no Facebook, na segunda à noite. No entanto, menos de uma hora depois de divulgar a nota, a banda apagou o post.

(mais…)

, , ,

33 deputados são favoráveis ao fim da aposentadoria dos ex-governadores

do Contraponto

Autor da emenda que extingue os subsídios de vitalícios de ex-governadores do Paraná, o deputado Homero Marchese comemorou o compromisso do 33.º deputado a votar a favor de sua proposta, atingindo o quórum mínimo necessário à aprovação da medida.

A emenda é ao projeto encaminhado pelo governador Ratinho Jr. e que atinge apenas o atual e o futuros mandatários, mas Marchese quer expandir o efeito também para os anteriores. São nove os ex-governadores que recebem aposentadoria de R$ 30 mil mensais, além de duas viúvas de ex-governadores.

Diesel entre os mais caros do mundo

do Fabio Campana

A Petrobras tenta fazer acreditar em “preço justo” do diesel, divulgando que o valor na bomba está 13% abaixo da média mundial. Mas isso é uma lorota. A comparação deve ser feita com países com produção semelhante. Enquanto no Brasil um litro do diesel custa US$0,91, nos Emirados Árabes o diesel é 25% mais barato (US$ 0,68 o litro), e no Kuwait, que produz menos que o Brasil, custa US$0,38 ou 58% menos. Da coluna do Claudio Humberto (mais…)

Dead Kennedys zoa o Brasil

E a banda Dead Kennedys, que está completando 40 anos, e vai se apresentar em algumas capitais basileiras, dá uma zoada no atual momento do País.

Procurador questiona nomeações de Ratinho Jr

E por falar em “notório saber”, o Procurador Geral do Ministério Público de Contas, Flávio de Azambuja Berti, enviou ao chefe da Casa Civil, Guto Silva, uma lista de nomes que não estariam dentro do que prevê a lei das estatais para ocupar os cargos para os quais foram nomeados.

Conheça quais os personagens que o Procurador está questionando:

Dirá amém?

O prefeito Marcelo Belinati Martins vai se rebelar também contra o estratosférico aumento na tarifa da água no Paraná como tem feito outros prefeitos do Estado comandado por Ratinho Jr, ou dirá AMÉM?

Filho de deputado contratado por “notório saber”?

E o governador do Paraná, Ratinho Jr, tem sido um padrinho generoso com os que o apoiam de olhos vendados, sem pestanejar.

No início do ano a Secretaria de Justiça nomeou em cargo de comissão DAS5 Gabriel Aparecido Gonçalves da Silva, que vem a ser o filho do deputado estadual Devanil Reginaldo da Silva, o Cobra Repórter. Se não foi indicação do papai, no mínimo o jovem foi contratado por “notório saber”.

Cobra Repórter é o relator do projeto que acaba com a aposentadoria dos ex-governadores do Paraná.

O próximo dia 29 de abril para alguns deputados

Se o 29 de abril de 2015 ficou marcado para os professores, o próximo dia 29 pode deixar muitos parlamentares com um carimbo eterno.

Rumores na Assembleia dizem que nesta data pode ocorrer uma ação do Ministério Público, com busca e apreensões em vários gabinetes.

Na dúvida, alguns HDs estariam sendo devidamente apagados.

O 29 de abril para os professores.

Dia 29 de abril, uma data para ninguém esquecer no Paraná. Em 2015 um confronto entre policiais militares e professores do Paraná, em frente ao Centro Cívico deixou pelo menos 200 pessoas feridas. O secretário de Segurança na época era o hoje deputado estadual Fernando Francischini. O homem que colocou os deputados dentro de um camburão para que pudessem entrar na Assembleia e votar um pacotaço contra os servidores.

 

Mortalidade infantil em Londrina cresce 20% em dois anos. Dá pra explicar?

Da CBN Londrina

Só em 2018, 161 crianças morreram vítimas de doenças. Um debate vai ser organizado pela secretaria municipal de saúde para discutir a gravidade da situação. (mais…)

E deu Athletico mais uma vez. Campeão do Paraná

do twitter do CAP

Por: Guilherme Bernardi/VEC

Quem olhasse as campanhas dos dois clubes e, principalmente, o desempenho no segundo turno, poderia achar que o Athletico-PR atropelaria o Toledo e se sagraria campeão. O Toledo fez campanha, no geral, de clube rebaixado e só não caiu porque conquistou o primeiro turno. O CAP, do outro lado, fez a primeira metade do campeonato abaixo do esperado, mas engrenou na segunda, fez a melhor campanha, muitos gols e goleadas (com direito a um 8 a 2 contra o então recém-campeão Toledo na abertura do segundo turno). Um time em baixa e o outro em alta. A final, entretanto, foi menos previsível do que parecia que seria. (leia mais)

Exclusivo para o VEC: Da seleção de Taekwondo para a política

Fernando Madureira, ex-técnico da Seleção Brasileira de Taekwondo, decidiu fazer mais, fazer o esporte ser acessível à população. Por isso, entrou para a política. Tem o lado bom e o lado ruim. É o que ele fala nesta entrevista exclusiva ao VEC. (leia mais)

 

Técnico do Londrina pede o boné depois da derrota para o Bahia

Roberto Fonseca sai de cena, após retorno relâmpago (Gustavo Oliveira/ Londrina EC)

por Adriano Santiago

Praticamente uma unanimidade entre os torcedores, após tirar o LEC da zona de rebaixamento e quase levar o clube para a Série A, Roberto Fonseca não é mais o técnico do Londrina. (mais…)

Prefeitos se rebelam e proíbem “esfolada” da Sanepar

A esfolada que a Sanepar – aumento de 12,13% na tarifa da água – com a benção do governador ainda vai dar muita dor de cabeça a Ratinho Jr.

O desgaste é óbvio já que a inflação de 2018 fechou em 3,75%. Ou seja, a tarifa vai subir quase 3 vezes a mais do que o reajuste médio dos salários. É difícil ou quase impossível explicar isso. (mais…)