Vereadores defendem simulador para informar sobre IPTU

Alguns vereadores de Londrina, entre eles Junior Santos Rosa (PSD) passaram também a defender o uso de um simulador – como foi feito com sucesso na gestão passada – para que o contribuinte saiba quanto vai pagar de IPTU em 2018 caso passe o reajuste monstro que o prefeito Marcelo Belinati quer impor ao Povo de Londrina.

Segundo Junior Rosa o partido está fechando questão e quer que as pessoas tenham o direito de saber quanto irão pagar.

 

Coletivo de sindicatos iniciam nova ofensiva contra vereador xingador

E a encrenca entre o vereador de Londrina Filipe Barros (PRB) e o Coletivo de Sindicatos está longe de chegar ao fim. Só para recordar, durante a greve geral ocorrida no primeiro semestre em protesto contra a Reforma Trabalhista e mais uma fieira de temas, Barros e alguns amigos dedicaram-se a alegremente circular pela cidade para xingar os manifestantes.  (mais…)

Acusada de ficar com salários de assessores Vereadora de Curitiba pode renunciar

do Fernando Tupan

A vereadora Kátia Dittrich (SD) deve renunciar hoje ou nos próximos dias para evitar o desgaste de passar pela Comissão de Ética e a perda de direitos políticos. O cerimonial da Câmara Municipal de Curitiba estava preprando até a mesa para a posse do suplente, o ex-vereador Zé Maria (SD). (mais…)

A Copel vai colocar R$ 100 mi na Sercomtel ou vai pedir para ser incluída fora dessa?

A telefônica Sercomtel já definiu o caminho mais perto para sair do buraco: quer porque quer que a Copel – sócia minoritária da empresa – faça um aporte considerável para que ela continue sobrevivendo.

Hoje haveria uma nova reunião em Curitiba para discutir o assunto e amanhã uma outra com os mandantes da Copela para mostrar o tamanho do espeto e ver se os caras topam entrar, mais uma vez, com dinheiro limpo na barca. (mais…)

Tempos de Cigarro Sem Filtro: A Ditadura Militar sob a ótica de pessoas comuns, das periferias das cidades

Tempos de Cigarro Sem Filtro, primeiro romance do jornalista José Maschio, retrata o Brasil da década de 1970. O período sombrio da ditadura militar aparece através dos olhos de pessoas humildes, cidadãos simples levando suas vidas simples na periferia das cidades.

Em Tempos de Cigarro Sem Filtro, José Maschio, com sua longa experiência como repórter, narra a história de Jaso e Maria, um casal unidos pela miséria. Vivem na periferia de uma típica cidade brasileira dividida por desigualdades sociais e econômicas. Jaso é um peão para qualquer trabalho braçal, Maria uma lavadeira de roupas.

Veja e compartilhe a entrevista exclusiva do autor ao blog:

O lançamento do livro acontee hoje às 19h30 no Sesc Cadeião, em Londrina.

O preço do livro é bem camarada: R$ 30,00

Agora tudo vai mudar: Pessuti quer disputar o Senado pelo PMDB

do Fernando Tupan

O ex-governador Orlando Pessuti só está esperando a expulsão do senador Roberto Requião do PMDB para assumir o comando do partido no Paraná. Pessuti tem a confiança da direção nacional do partido e já adianta que o PMDB vai disputar as eleições majoritárias e desde já se coloca como pré-candidato ao Senado. “O PMDB vai voltar aos verdadeiros peemedebistas e não aos oportunistas e autoritários que tomaram conta do partido sem o respalda das bases no interior do Estado”, disse Pessuti.

Belinati conversa com Beto Richa e solicita ajuda da Copel para a Sercomtel

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, o presidente da Sercomtel, Luiz Adati e os deputados federal Alex Canziani – que dizem ser o segundo prefeito da cidade, mas ele nega – e o estadual Tiago Amaral, conversaram no fim de semana com o governador Beto Richa, que esteve em Londrina.

O tema principal foi o que fazer com a telefônica Sercomtel que está numa pindura danada e sob ameaça da Agência Nacional de Telecomunicações de perder a concessão da telefonia fixa.

Sorrisos amarelos para fotos, imagem do tipo estamos trabalhando para o bem comum da empresa, etc, postagens em redes sociais mas, vamos ao que interessa.

A telefônica quer que o sócio Copel injete na empresa algo próximo de R$ 100 milhões para dar novo fôlego para a Sercomtel.

Também quer contratar uma empresa de consultoria para que ela indique que caminho a telefônica deve seguir para tirar a corda do pescoço.

E aí Álvaro Dias, dá pra explicar esse “jeito novo” de fazer política?

Do Angelo Rigon

O empreiteiro Edenilso Rossi Arnaldi, que foi preso na Operação Castelo de Cartas do Gaeco, em 2014, voltou à cena política estadual, como antecipou recentemente o blog. Na época de sua prisão, junto com um filho e funcionários do Tribunal de Contas do Paraná, por fraude em licitação de R$ 36,4 milhões, ele era tesoureiro do PSD; agora, Rossi é tesoureiro-geral do Podemos no Paraná, que é presidido por Joel Malucelli e tem no senador Alvaro Dias sua maior expressão nacional. (mais…)

Já imaginou se os bancos seguirem o exemplo da prefeitura de Londrina?

A lógica da prefeitura de Londrina para impedir que os contribuintes, através da internet, tenham acesso a informação de quanto pagará de IPTU em 2018 – que foi feito através de um simulador há dois anos pela própria prefeitura – é surreal.

Explica a prefeitura, no post abaixo, que é para preservar o direito do cotribuinte e impedir que outras pessoas tenham acesso aos seus dados fiscais.

Como diriam nas redes sociais: rindo aqui até 2030. (mais…)

Prefeitura dá sua versão sobre a falta de transparência sobre o IPTU

Sobre os posts em que questiona a postura da Prefeitura de Londrina na forma como está realizando para que os munícipes obtenham as informações do IPTU/2018, a Procuradoria-Geral do Município (PGM) esclarece que a medida se baseia no sigilo fiscal.
Para não haver dúvidas, esclarece ainda que sobre o sigilo fiscal, o artigo 198 do Código Tributário Nacional (CTN) dispõe:
Art. 198. Sem prejuízo do disposto na legislação criminal, é vedada a divulgação, por parte da Fazenda Pública ou de seus servidores, de informação obtida em razão do ofício sobre a situação econômica ou financeira do sujeito passivo ou de terceiros e sobre a natureza e o estado de seus negócios ou atividades. […] (mais…)

O aeroporto de lá recebe R$ 120 mi. O de cá continua emperrado

Como diria o glorioso blogueiro Zé Beto, pode ser tudo e pode ser nada.

Mas veja, hoje a vice-governadora Cida Borgheti e o maridão, o Ministro da Saúde Ricardo Barros, anunciaram que o Aeroporto de Maringá vai receber R$ 120 milhões para obras de ampliação.

Londrina, há décadas, briga para que o aeroporto local receba um equipamento chamado ILS que contribui muito para a segurança nas aterrissagens e decolagens em dias com mais nebulosidade.

Há décadas também se tenta ampliar a pista do aeroporto, porém ainda falta desemperrar a desapropriação de alguns lotes para que as obras se iniciem.

Este blog volta e meia faz críticas a alguns políticos maringaenses, mas é fato que nos últimos anos os políticos de lá são mais eficientes na busca de soluções para os problemas da cidade do que os políticos de cá que raramente se unem para alguma coisa.

 

PSDB assume que errou

do Fábio Campana

A propaganda do PSDB que foi ao ar ontem à noite causou um rebuliço no tucanato. A peça diz que o partido errou ao deixar de lado suas origens e ter cedido ao fisiologismo, ao atual modelo de governo como ‘presidencialismo de cooptação’, que, em outras palavras, é o apoio ao governo em troca de cargos. (mais…)

Vai entender, Belinati disse que Sercomtel está no azul

Alguns funcionários da telefônica Sercomtel mandam mensagens de inconformismo ao blog, que meio que virou porta-voz dos descontentes, para tristeza de alguns diretores da empresa pública/privada.

Ontem o prefeito Marcelo Belinati marcou uma conversa com os funcionários da empresa. Chegou uma hora atrasado e disse apenas mais do mesmo.

Fez propaganda do governador Beto Richa, do parça ministro da Saúde, Ricardo Barros (sim, aquele), do presidente Temer, ANATEL, deputado Canziani, Gilberto Kassab, etc e tal. Falou até do IPTU – mas sem explicar porque se recusa a colocar o simulador de pagamento para a população.

Bom, ele afirmou várias vezes que está fazendo de tudo para reverter a situação da empresa que sofre ameaça da ANATEL de perder a concessão da telefonia fixa. Cansados do mesmo lero-lero sem fim, vários dos funcionários sairam de mansinho.

Até que chegou o momento do milagre de Fátima, ou quase. Belinati disse que a situação da empresa melhorou muito nos últimos meses e voltou para o azul. Deve ser caso único no mundo e merece estudos. De Semi-Cadáver a saúde de atleta em alguns meses, é caso para o Guiness.

Bom, alguns dos presentes se animaram, porém, voltaram a desanimar ao perceberem que nem um pio sobre a data-base e reajuste salarial foi comentado.

Página 1 de 47312345...102030...Última »