Histórias do Naym: “Corinthiano não trai Corinthiano”

Quem não conheceu em Londrina o já falecido engenheiro civil Américo Sato?

Pois bem. Ele já aposentado frequentava um boteco no Bairro das Mercês, em Curitiba. E eu também. Ele gostava de contar histórias do passado e ouvia atentamente. Todas muito interessantes. (mais…)

, , , ,