Quem gostou da liberação da cervejota nos estádios levanta a mão

Quem vai tomar cerveja nos estádios? Richa sanciona volta da cervejota. foto; Jaelson Lucas / ANPr

Na presença de deputados e outras autoridades – uns com cara de quem gosta mesmo é de uisque 18 anos e nada menos – o governador Beto Richa sancionou hoje a lei que regulamenta a venda de cerveja e chope nos estádios durante jogos de futebol.

O projeto de lei, aprovado em 29 de agosto pela Assembleia Legislativa, foi proposto pelos deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, Alexandre Curi, Stephanes Junior, Ademir Bier, Pedro Lupion, Márcio Pauliki, Tiago Amaral, Fernando Scanavaca, Márcio Nunes, Nelson Justus e Anibelli Neto, que também assinam a sanção. (mais…)

, , , , , , , , ,

Bola na trave. Alex – ex-Palmeiras e Fenerbahçe – adia o lançamento de sua biografia na Turquia

Coluna Esplanada, Leandro Mazzini

O ex-jogador de futebol Alexsandro de Souza, 39 anos, o Alex – ex-Cruzeiro, Palmeiras e Fenerbahçe – cancelou o lançamento de sua biografia na Turquia por causa da onda de terrorismo. O livro, escrito pelo jornalista Marcos Eduardo Neves, está na vitrine das livrarias e tornou-se a maior pré-venda da história da Turquia, com 20 mil exemplares.

O jogador tem dezenas de fãs clubes, virou amigo da família do presidente Recep Edorgan e ganhou até estátua. As passagens das famílias de Alex e Neves estavam compradas para o fim de janeiro, mas o esportista decidiu não arriscar. Seriam dois lançamentos em Istambul, um em Ancara e um na sagrada Izmir. (mais…)

, , , ,

Veja o Paçoca Esportiva: LEC x PSTC pela Taça do Interior e a decisão do Paranaense. Exclusiva com o herói do LEC

1

, , , , , , , ,

Polícia prende membros de torcidas organizadas em Curitiba

Do Paraná On Line

Uma agressão a um torcedor do Coritiba Foot Ball Club, no ano passado, motivou uma operação da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe) na manhã desta quinta-feira (28). Oito torcedores, de uma torcida do Atlético Paranaense, foram presos e Leonardo Henrique Alves é considerado foragido da Justiça. A polícia apreendeu até um fuzil na ação.

Segundo o delegado Clóvis Galvão, os mandados saíram para que a polícia continue a investigar o comando do grupo de jovens que foram expulsos da torcida organizada Fanáticos, do Atlético. “Eles não foram aceitos por causa das agressões que se envolveram. Saíram e continuaram agindo ao formar outro grupo, chamado ‘Guerrilha’, uma parte violenta da torcida organizada”, explicou. (leia mais)

, , , ,

Londrina empata na estreia de Keirrison e vai precisar detonar o Atlético em Curitiba

, , , , , , , , ,

Londrina atropela o Jotinha, MARINGÁ foi pro inferno da Segundona e as Esparrelas do David Luiz. Veja no Paçoca Esportiva


E neste programa ainda a super dica de como você deve fazer o supino pra inflar o peitoral.

, , , , , , , , , ,

O Coritiba já garantiu o troféu MiMiMi de Ouro 2015

Charge emprestada do Sassá

Confesso que nunca imaginei que pudesse acontecer o que está ocorrendo neste campeonato Paranaense. Os times de Curitiba – Paraná, Atlético e Coxa – se apequenando desta forma.

O Paraná Clube, com sérios problemas financeiros – mas com jogadores valentes – aos trancos e barrancos passou da primeira fase, mas caiu nas oitavas de final; o Atlético, com seu truculento e arrogante mandatário, luta para não despencar para a segunda divisão.

E agora, o Coritiba, que por décadas e décadas, foi beneficiado com arbitragens pouco cristãs, fazendo o maior MiMiMi porque foi derrotado em Londrina pelo Tubarão.

Nos jornais e blogues da Capital, o chororô dos jogadores e dirigentes do Coxa mostram bem o tamanho que se transformou o time que já foi campeão brasileiro e que era o bicho papão do Paraná.

Falam em pressionar a Federação Paranaense; falam em não aceitar este ou aquele árbitro; falam que este e aquele jogador do Londrina foram mais ríspidos na partida. Tudo porque o time perdeu em Londrina por 1 a zero no último fim de semana.

O Coxa reclama de um possível pênalti em Negueba. Sim, há os que interpretam a tal jogada como pênalti. Porém, o jogador Paulinho, atacante do Londrina, também foi derrubado na área do Coxa e o árbitro também não viu pênalti.

Então, dois pênaltis sem marcar, um para cada lado.

Lembro-me em 2013, no Estádio do Café, o árbitro da partida deixou de marcar três pênaltis contra o Coritiba. Um ano antes, outro árbitro anulara dois gols do Tubarão também em confronto com o alviverde.

São décadas de garfadas homéricas. Em uma delas, em 2012 em Curitiba, o agora deputado federal – não com o meu voto – o ex-árbitro Evandro Rogério Roman invalidou um gol olímpico do Londrina sobre o Coritiba. Deve ter entrado para o Guiness Book.

Sabe o que é mais curioso, não foi o possível erro de arbitragem que derrubou o Coritiba no Estádio do Café no domingo. O mérito é do golaço de Paulinho, do empenho dos jogadores do Londrina e da estratégia adotada. Os atletas do alviceleste marcaram forte em todos os centímetros do campo, não dando qualquer espaço para o Coxa.

Também contribuiu a péssima atuação da maioria dos jogadores do clube da capital de todos os curitibanos. A zaga foi lastimável em várias oportunidades. Já o atacante Wellington Paulista foi categoricamente anulado pela defesa alviceleste.

O MiMiMi dos jogadores do Coritiba e seus dirigentes, mostra o tamanho do atual time Coxa.

As ameaças dos últimos dias mostram que o Alviverde do Couto Pereira está muito, mas muito preocupado com o time que fez mais pontos em todo o campeonato de 2013 e que é o atual Campeão Paranaense.

Quem vai ganhar se classificar para a final?

Só no domingo à noite nós saberemos.

Mas de antemão já dá para identificar quem irá receber o Troféu MiMiMi de Ouro.

 

 

, , , , , ,