Bens de Dilma e Palocci são bloqueados. Motivo: compra da refinaria de Pasadena

de O Globo

Tribunal de Contas da União (TCU) determinou o bloqueio de bens por um ano da ex-presidente Dilma Rousseff em razão dos prejuízos na compra da refinaria de Pasadena, no Texas. Dilma, na ocasião do negócio, efetivado em 2006, era ministra da Casa Civil do primeiro governo Lula e presidente do Conselho de Administração da Petrobras. O bloqueio de bens se estende aos demais integrantes do conselho naquele momento: Antônio Palocci, preso em Curitiba na Lava-Jato; Claudio Luis Haddad; Fabio Colletti Barbosa; Gleuber Vieira; e José Sergio Gabrielli, ex-presidente da estatal.  (mais…)

, , , , , ,

Quais os erros que a esquerda cometeu? Veja, a Esquerda no Divã

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Acordo de Delação Premiada de Delcidio Amaral, coloca fogo na Lava a Jato, e atinge Lula

do UOL

O senador Delcídio Amaral (sem partido-MS) decidiu fazer acordo de delação premiada perante o grupo de trabalho da Procuradoria-Geral da República na Operação Lava Jato.

Ele citou vários nomes, entre eles o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e detalhou os bastidores da compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras, entre outros assuntos. As primeiras revelações do ex-líder do governo fazem parte de um documento preliminar da colaboração. (mais…)

, , , ,

Melhor não responder

Do Brasil Confidencial/Istoé

Em depoimento à Procuradoria-Geral da República, o empresário e delator Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará, lembrou de uma conversa com o doleiro Alberto Youssef sobre a distribuição de propina desviada da Petrobras. Falavam sobre a “fidelidade” do PP em relação ao governo quando o delator ficou confuso. Youssef foi direto ao ponto: “Ceará, você é burro? Você acha que os políticos vão pedir dinheiro diretamente à Dilma? Eles pedem cargos e nos cargos eles fazem os caixas dos partidos.”

, , ,

Políticos do Paraná no bico do urubu

Do blog do Fernando Tupan

Hermes Parcianello

Hermes Frangão Parcianello

A possibilidade do enquadramento do braço direito do ex-presidente Lula, Gilberto Carvalho, por desvio de função, está deixando prefeitos, vereadores, deputados federais, deputados estaduais e candidatos derrotados nas eleições de 2012 ou 2014 com dores no estomago. Uma simples conferência na prestação de contas da maioria dos políticos da estrela vermelha indica doações substanciais do “Petê” para candidatos vencedores e derrotados. A Polícia Federal já sabe que esses recursos foram obtidos de maneira ilícita e repassados para consolidar o Partido dos Trabalhadores como o maior partido do Brasil, além de enfraquecer a oposição e fortalecer os partidos aliados. Como o tiro deu pela culatra e foi uma vitória apertada no 2º turno da presidente Dilma Rousseff, tudo saiu de controle e o socialismo moreno foi para o ralo.

(mais…)

, , , , ,

Presidente do PTB diz que o novo programa do PT é o “Mais Impostos”

E a presidente do PTB, deputada Cristiane Brasil diz que o PT, sem a criatividade de antes, está lançando o programa  “Mais Impostos”. “Agora querem criar impostos por decreto. Infelizmente é sinal de mais fechamento de empresas, menos crédito, mais desemprego. É uma saída bolivariana. E vai punir trabalhadores, empresários e aposentados. Quem produz para o Brasil pagará a conta.”

, , , ,

Hélio Bicudo, fundador do PT, ingressa com pedido de impeachment de Dilma

do Valor Econômico

O jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT, em 1980, vai entrar, nessa terça-feira, com um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados.

No pedido, ele deve alegar tanto a questão das “pedaladas fiscais” pelo governo, que é objeto de julgamento que será realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ainda neste mês, quanto as revelações de desvios de dinheiro e fraudes na Petrobras.

O jurista deve argumentar ainda que a presidente atentou contra a probidade administrativa ao não tornar efetiva responsabilidade de seus subordinados. (leia mais aqui)

, , ,

Na bancarrota, governo diz que vai eliminar 10 ministérios

Na época dos governos militares era comum incluírem no Campeonato Brasileiro de Futebol times de estados e cidades sem qualquer expressão no esporte para “alegrar” a galera. Houve anos em que o campeonato tinha mais de 80 times participantes.

Nos últimos anos algo parecido vinha acontecendo. Partidos políticos reclamavam de pouca participação no governo, então, criava-se novos ministérios. Temos hoje 39. Nenhum país desenvolvido tem tantos.

 

A maior potência mundial, os Estados Unidos, têm 15 ministérios, menos da metade desta nossa terra brasilis.

Bom, diante da bancarrota que o País se meteu, a presidente Dilma Rousseff autorizou cortar 10 de seus 39 ministérios até setembro, além de reduzir o número de secretarias e cargos comissionados da União, conforme anunciou nesta segunda-feira o ministro Nelson Barbosa (Planejamento).  (mais…)

, , , , ,

Francischini pede a prisão preventiva de presidente da CUT

O deputado federal Fernando Francischini, ex-secretário de Segurança (?) do Paraná, está requerendo ao Procurador Geral da República a Prisão Preventiva do Presidente da CUT, Vagner  Freitas, por Apologia ao Crime e Formação de Quadrilha, bem como a abertura de Inquérito Criminal contra Dilma e Lula por conivência com possíveis ações contra a população brasileira que irá as ruas no dia 16!

Ontem, em um evento em Brasília, com movimentos sociais e na presença da presidente Dilma, Freitas disse: “Somos defensores da unidade nacional na construção de um projeto nacional de desenvolvimento para todos e para todas. E que isso implica agora nesse momento ir para as ruas entrincheirados com arma na mão se tentarem derrubar a presidenta Dilma Rousseff”, disse o presidente da CUT.

 

, , , , , ,

Dilma não vai renunciar, saiba porque

Do Zé Beto

Do Filósofo do Centro Cínico

Dilma não vai renunciar. Seus amigos se recusaram a escrever a carta. Ela então tentou fazer isso sozinha. Mas ela escreve como fala, daí que desistiu na vigésima tentativa.

, , ,

Osmar no Ministério da Agricultura?

Do jornal O Sul

* Falta pressão do Rio Grande do Sul para reassumir o Ministério da Agricultura. Hoje, o Paraná está mais próximo do cargo com Osmar Dias, do PDT.*

, ,