As decisões que abalaram a Operação Publicano

Por Catarina Scortecci/Gazeta do Povo

Desde o início de 2015, a Operação Publicano enfrenta inúmeras contestações de envolvidos nos processos decorrentes da investigação que revelou um esquema de corrupção na Receita Estadual. Entre os argumentos utilizados para tentar frear o caso, e que acabou vingando no ano de 2017, está uma suposta “usurpação de competência”: a Operação Publicano acabou chegando no governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), e, por isso, não caberia à 3ª Vara Criminal de Londrina abrigar os processos, já que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) é o foro adequado para os governadores de estados. (mais…)

, , , ,

Histórias do Naym: “Um tiro na Bunda”

O ex-governador Ney Braga tinha fama de sedutor contumaz.

-Quando governador, nos anos 70, corria boato que um marido ciumento teria atirado no Ney e a bala atingira suas nádegas.

-Aborrecido e magoado com o boato que corria solto na boca do povo, Ney Braga reuniu em seu gabinete os assessores mais próximos, jornalistas, arriou as calças, mostrando a bunda, pergunta: “vejam vocês, se existe algum sinal de bala”. E não havia.

, , , , , , ,