Revista Isto É joga uma bomba no colo de Beto Richa e de seu assessor Deonilson Roldo

da Isto É

Ao renunciar ao governo do Paraná para disputar uma vaga no Senado, o tucano Beto Richa perdeu o foro
privilegiado, e como consequência imediata, um dos inquéritos da Lava Jato contra ele foi parar nas
mãos do juiz Sergio Moro. Na semana passada, o Superior Tribunal de Justiça enviou à primeira
instância a investigação que apura se a campanha à reeleição de Richa em 2014 recebeu R$ 2,5 milhões
da Odebrecht via caixa 2. Áudios que estão em poder do Ministério Público Federal, e obtidos com
exclusividade por ISTOÉ, complicam ainda mais a situação do ex-governador. (mais…)

, , , ,