Deputado do Paraná acusado de receber “mesada” do esquemão Carne Fraca

do Bem Paraná

Sérgio Souza – Agência Senado

O deputado federal Sérgio Souza (PMDB-PR) foi acusado de receber uma mesada de R$ 20 mil do esquema descoberto pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que investiga uma rede de corrupção que envolvia empresas do ramo de proteína animal e funcionários no Paraná do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A menção a Sérgio Souza foi feita pelo veterinário Flávio Cassou, que trabalhou para o frigorífico Seara (grupo JBS), em depoimento à Justiça Federal na última sexta-feira (1º). (mais…)

, , , , , , , ,

JBS pagava propina mensal para ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná

do MaringáPost

Em depoimento à Justiça Federal na sexta-feira passada, o ex-executivo da JBS e veterinário, Flávio Cassou, preso em março na Operação Carne Fraca, contou que pagava há quatro anos uma mesada de 20.000 reais para o ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná, Daniel Gonçalves Filho, que trabalhou em Maringá e fechou delação premiada. A informação é de Ullisses Campbell, no site da revista Veja.

O mensalinho, segundo Cassou disse ao juiz Marcos Josegrei, da 14ª Vara Federal, servia para que ele escolhesse pessoalmente quais fiscais do governo atuariam dentro das unidades da JBS no Paraná, fazendo vista grossa na vigilância sanitária e agilizando licenças (leia mais)

, , , , , ,

MPF confirma denúncia contra Rocha Loures

de O Sul

O Ministério Público Federal no Distrito Federal ratificou a denúncia apresentada em junho pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra Rodrigo Rocha Loures, ex-deputado federal (PMDB-PR) e ex-assessor especial do presidente Michel Temer.

A denúncia atribui a Michel Temer e a Rodrigo Rocha Loures o crime de corrupção passiva no caso da entrega da mala de R$ 500 mil do Grupo J&F ao ex-assessor do presidente, flagrada em filmagem. Após a Câmara barrar o prosseguimento da denúncia contra Temer, o relator do inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin, enviou para a primeira instância a parte da acusação formal que trata de Loures. O caso está na 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal. (mais…)

, , , ,

Irmãos Wesley e Joesley Batista agora são réus

Da Veja

Justiça Federal de São Paulo aceitou ontem a denúncia do Ministério Público Federal contra os irmãos Joesley e Wesley Batista por manipulação do mercado financeiro e uso de informações privilegiadas. Com isso, os donos da holding J&F, controladora da JBS, se tornam réus. (mais…)

, , , ,

Polícia cumpre mandados contra executivos da JBS

O ex-procurador da República Marcello Miller depõe na Procuradoria Regional da República da 2ª Região, centro do Rio de Janeiro – 08/09/2017 (Mauro Pimentel/Folhapress)

da REvista Veja

A Polícia Federal está nas ruas da manhã desta segunda-feira para cumprir mandados relacionados ao acordo de delação premiada da JBS. Os agentes cumprem ordens de busca e apreensão nas casas do ex-procurador Marcelo Miller, do empresário Joesley Batista e do diretor da JBS Ricardo Saud. (mais…)

, , , ,