Retrocesso no combate à corrupção

da Gazeta do Povo

A ONG Transparência Internacional (TI) apresentou nesta quarta-feira (14) dois relatórios apontando retrocessos no combate à corrupção no Brasil. Os documentos foram encaminhados à Divisão Anticorrupção e ao Grupo de Trabalho Antissuborno da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e mostram um desmonte do arcabouço institucional para a luta anticorrupção, além de apontar o presidente Jair Bolsonaro como um dos responsáveis pelos retrocessos. (mais…)

, , , , , ,

Corrupção, Lavagem de Dinheiro: PF cumpre mandados na 75ª fase da operação Lava Jato

Tania Rego/Agencia Brasil

Policiais federais cumprem hoje (23) mandados de busca e apreensão na operação Boeman, a 75ª fase da operação Lava Jato. São 25 mandados que estão sendo cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro, de Macaé (RJ), São Paulo, Aracaju e Barra dos Coqueiros (SE). (mais…)

, , , ,

Gilmar ofende Dallagnol e quem paga a indenização somos nós

Talvez esteja mesmo certo aquele que diz que o Brasil precisa ser refundado. Há coisas que acontecem por aqui que beira o absurdo.

Ontem foi divulgado que o Ministro do STF Gilmar Mendes foi condenado por ofender o coordenador da Operação Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol.

Mendes foi condenado, mas quem vai pagar a indenização de R$ 59 mil é a UNIÃO, ou seja, todos nós brasileiros contribuintes.  A decisão foi do juiz Flavio Antônio da Cruz, da 11ª Vara da Justiça Federal de Curitiba. (mais…)

, , , , ,

O desmonte do combate à corrupção

Deltan Dallagnol

Martin Luther King Jr., pastor e ativista norte-americano, lembrava sempre em seus discursos que “as classes privilegiadas nunca desistem dos seus privilégios sem forte resistência”. Privilégios que naquele distante ano de 1955, em Montgomery, no estado norte-americano do Alabama, levaram à prisão Rosa Parks, uma mulher negra de meia-idade, costureira, por se recusar a dar assento a um passageiro branco em um ônibus. Essa prisão foi o estopim de um movimento não violento contra a discriminação e a segregação racial nos Estados Unidos, liderado pelo jovem pastor Martin Luther King Jr., de Montgomery, então com apenas 26 anos. A mobilização pelos direitos civis se fez ouvir por meio de boicotes, marchas, ingresso e permanência pacífica em áreas reservadas a brancos, protestos e discursos. Antes de alcançar suas grandes conquistas, contudo, esse movimento amargou derrotas e dores. Em diversas cidades, enfrentou forte reação contra a população negra por meio de ameaças, violência, prisões, bombas e assassinatos. (mais…)

, , , , , , ,

Chefe de gabinete de Richa é condenado a 10 anos de prisão

Deu ruim para o ex-todo poderoso Deonilson Roldo, chefe de gabinete e linha de frente do ex-governador Beto Richa. A Justiça Federal de Curitiba condenou Roldo a 10 anos e cinco meses de prisão pela acusação de ter favorecido a construtora Odebrecht em obras no Estado. Crimes de corrupção passiva e fraude à licitação. (mais…)

, , , ,

Empresa de “Lulinha”, filho de Lula, é um dos alvos

com O Globo

Na operação de hoje um dos alvos principais é a empresa do filho do ex-presidente Lula, Fábio Luiz Lula da Silva, conhecido como Lulinha, A PF e o Ministério Público Federal (MPF) investigam pagamentos suspeitos de R$ 132 milhões da Oi para empresas dele. do ex-presidente Lula, Fabio Luis Lula da Silva, o Lulinha. (mais…)

, , , , ,

Operação Mapa da Mina: Polícia Federal deflagra a 69ª Fase da Operação Lava Jato

da PF

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (10/12), em cooperação com o Ministério Público Federal e Receita Federal, a 69ª fase da Operação Lava Jato, denominada Mapa da Mina.
Cerca de 200 Policiais Federais, com o apoio de 15 Auditores Fiscais da Receita Federal, cumprem 47 mandados de busca e apreensão nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e no Distrito Federal. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal em Curitiba/PR. (mais…)

, , , , , , ,

 Lava Jato denuncia Edison Lobão e Marcio Lobão por corrupção em contratos de mais de R$ 1,5 bilhão da Transpetro

do MPF

Propina decorrente de contratos celebrados pelo Grupo Estre e pela empresa NM Engenharia com a Transpetro foi utilizada para, mediante lavagem de dinheiro, adquirir obras de arte de quase R$ 1 milhão. (mais…)

, , ,

Lula autorizado a cumprir pena em São Paulo

Da Agência Brasil

Em decisão proferida na manhã de hoje (7), a juíza substituta Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, autorizou a transferência para São Paulo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que se encontra preso desde abril do ano passado na Superintendência da Polícia Federal do Paraná. (mais…)

, , ,

Beto Richa é preso mais uma vez

Do G1

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) voltou a ser preso na manhã desta terça-feira (19), desta vez em uma operação do Ministério Público do Paraná. A prisão é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. A suspeita contra o tucano é de corrupção, e ele foi preso no apartamento onde mora.

(mais…)

, , , ,

Colaboradora “informal” da Lava Jato pode melar provas da Operação

do Diário do Poder

A contadora Meire Poza, condenada na Lava Jato por lavagem de dinheiro, protocolou na Justiça documentos que comprovariam que ela era uma espécie de informante da Polícia Federal sobre outros acusados e que tinha acesso a informações sigilosas da operação.
O fato de ser uma colaboradora informal, sem ter assinado acordo de delação, pode levar a questionamentos sobre a legalidade da sua atuação e das provas obtidas com sua ajuda, segundo advogados. (mais…)

, , , ,

Moro aceitou ser o “super Ministro da Justiça”

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o juiz Sérgio Moro aceitou agora há pouco, depois de uma conversa com o presidente eleito Jair Bolsonaro, ser o novo ministro da Justiça. (mais…)

, , ,