Desvio de dinheiro da Acesf: servidor perde o emprego e agora vai enfrentar o MP

A prefeitura de Londrina exonerou um funcionário de carreira, que trabalhava na Autarquia Municipal de Cemitérios e Serviços Funerários Acesf, acusado de desviar R$ 600 mil.

A investigação da Procuradoria começou em 2015. Paulo César dos Santos, que já foi secretário de Planejamento de Londrina e era servidor há 32 anos, e apurou que o dinheiro desviado pelo servidor vinha do pagamento de empresas que negociavam com a Acesf. O procedimento administrativo mostrou que a quitação dos valores era simulada, mas os cheques não iam para a conta da autarquia e eram repassados a outras pessoas.

(mais…)

, , , , ,