PGR denuncia o capo do PTB Roberto Jefferson, a filha dele Cristiane Brasil e outros 26

do G1

Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou nesta segunda-feira (27) ao Supremo Tribunal Federal (STF) 26 pessoas pelo crime de organização criminosa no âmbito da Operação Registro Espúrio.

(mais…)

, , , ,

Câmara decide na segunda se cassa o mandato dos vereadores da ZR3

Deu ruim para os vereadores de Londrina Rony Alves (PTB) e Mário Takahashi (PV). Os dois são acusados de improbidade administrativa, de terem recebido “benefícios” para aprovar mudanças de zoneamento em áreas da cidade e agora. Alvo de denúncias no Ministério Público (Operação ZR3) e também de uma Comissão Processante na Câmara. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Como melhorar a educação de pequenos municípios através de ações integradas

Criada pelo Consórcio de Desenvolvimento e Inovação do Norte do Paraná (CODINORP) para desenvolver a educação em dez pequenos municípios da região de Londrina, a Secretaria de Educação Regional pretende melhorar o IDEB destas cidades através de ações integradas.

É o que conta o Secretário Amauri Monge Fernandes que escolhido durante um rigoroso processo seletivo nacional em que participaram centenas de pretendentes ao cargo.

Veja a entrevista exclusiva ao blog:

 

, , , ,

Canziani emplaca mais um no governo do Paraná

Na política não há espaço vazio.

E poucos sabem ocupar espaço como o deputado federal e agora pré-candidato ao Senado, Alex Canziani da Silveira (PTB). (mais…)

, , , , ,

Senadora Ana Amélia, crítica de Lula, diz que prisão mostra que todos são iguais

, , , , , , , , , , , ,

Mais de 13 mil assinaturas já foram coletadas contra o IPTU. Fim de semana tem mais

Os moradores da Zona Norte de Londrina, liderados pela Associação Sta Mônica, continuam com as coletas de assinaturas para suspender a lei que aumentou o IPTU e que provocou um estrago monumental no bolso de todo londrinense.

O grupo já coletou 13 mil assinaturas e nos próximos dias acredita que passará de 18 mil.

Neste fim de semana estarão nas principais feiras livres da cidade.

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Membros da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade criticam escolha de Canziani

O deputado federal Alex Canziani durante sessão na Câmara dos Deputados

Joelmir Tavares/Folha de São Paulo

Membros da Raps (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade) decidiram questionar a escolha do deputado federal Alex Canziani (PTB-PR) como um dos apadrinhados pela entidade que prega renovação na política.

Para o grupo, o parlamentar não honra a sustentabilidade que está no nome e no DNA da organização. E o pior, afirmam os participantes do levante, é que Canziani está envolvido em escândalos com dinheiro público (nos quais ele nega participação). (mais…)

, , , , , , ,

Indignados com o aumento do IPTU de Londrina moradores protestam pelas ruas de Curitiba

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Belinati pede a benção ao Ministério Público e pode mudar IPTU

E hoje o prefeito de Londrina de Londrina, Marcelo Belinati, foi ao Ministério Público de livre e espontânea vontade, mas com o advogado Marcos Ticianelli à tiracolo. Vai que né!

Então, segundo as partes a conversa girou em torno de três assuntos:

  • o aumento brutal do IPTU em Londrina
  • o IPTU mamão com açúcar que é pago por Belinati e seus vizinhos no condomínio Village Premiun
  • o aumento sem precedentes e sem explicação convincente da taxa do lixo

(mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Vai entender essa Câmara. Novo diretor geral da Casa responde processo por improbidade

Fala sério.

A Câmara de Vereadores de Londrina procura né. Como procura encrenca para sair mal na fita.

O novo diretor geral da Câmara, Mark Sandro Sorprezo de Almeida, nomeado pelo presidente interino da Casa, vereador Ailton Nantes, responde a processo de improbidade administrativa na Justiça por suposta irregularidade em licitação para compra de marmitas no município de Rolândia (Região Metropolitana de Londrina). Trata-se de uma ação civil pública protocolada pelo MP (Ministério Público) em setembro de 2015, contra Almeida e o ex-prefeito de Rolândia Jonny Lemman, que pede a devolução de R$ 155 mil aos cofres do município. A informação é do jornalista Guilherme Marconi, da Folha de Londrina. Ele é foi alvo também de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), conhecida como ‘CPI da Marmita’, aberta pela Câmara de Rolândia em 2012. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Belinati, o senhor vai continuar morando lá, ou vai mudar?

PP, cidadão conterrâneo da Vila Recreio, pede pra este prestimoso blog perguntar ao prefeito de Londrina Marcelo Belinati aproveitando a declaração do secretário da Fazenda, Edson Souza que disse que se o cara não puder pagar o IPTU que mude de local.

Então, lá vai: (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Administração pública de Londrina volta a bater cartão no MP

Marcelo Belinati – foto Ricardo Chicarelli

Pois é, a administração municipal de Londrina está voltando a bater cartão no Ministério Público. Ontem o MP informou que está iniciando uma investigação sobre o condomínio Village Premium, onde mora o prefeito Marcelo Belinati e que foi loteado pela empresa do primo dele, Dante Belinati Guazzi. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Condomínio onde mora o prefeito foi entregue há cerca de15 anos e ainda está irregular. Pode isso?

No condomínio fechado na Gleba Palhano onde mora o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, o Villagem Premium, praticamente todas as casas têm metragem superior a 250m² de área construída (veja aqui).

É padrão nestes condomínios de luxo determinar uma metragem mínima de área construída. A ideia é que, desta forma, não se construa no local casas populares, por exemplo, de uns 70 metros, que poderiam desvalorizar o condomínio. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Quem fiscaliza quem? Ninguém fiscaliza ninguém

Como diria o blogueiro Zé Beto, diretamente do Centro Cínico.

Como acreditar numa Câmara de Vereadores eleita para fiscalizar as ações da prefeitura e do prefeito se não consegue fiscalizar nem mesmo as ações dos seus vereadores?

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Barros protocola pedido de CEI contra Rony Alves e Mário Takahashi

O vereador de Londrina Filipe Barros (PRB) protocolou agora há pouco um pedido de formação de uma Comissão Especial de Inquérito para investigar a conduta dos vereadores Rony Alves (PTB) e Mário Takahashi (PV). Os dois foram denunciados por suposto recebimento de vantagens indevidas para aprovar projetos de mudança de zoneamento.

 

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,