Jornalistas de O Diário de Maringá entram em greve

Jornalistas de O Diário de Maringá entraram em greve por tempo indeterminado. Os jornalistas afirmam que não recebem salários há meses e estão cansados de tentar negociar com a direção da empresa.

São 17 profissionais entre repórteres, repórteres fotográficos e diagramadores. Segundo carta pública – leia abaixo – os atrasos salariais começaram em 2016 e só pioraram no decorrer do tempo. Jornalistas que deixaram o Diário não receberam os valores das rescisões  e precisaram ingressar a Justiça do Trabalho.

O Diário está em processo de recuperação judicial desde 2016.

CARTA ABERTA DOS JORNALISTAS DE O DIARIO

Nós, jornalistas de O Diário, podemos entrar em greve nesta quarta-feira (7), por tempo ainda não definido, e gostaríamos de esclarecer aos leitores e à população os motivos da nossa decisão. Estamos enfrentando atraso de salários desde maio de 2016 e, durante todo esse período, mantivemos uma postura complacente e condescendente, cumprindo, com rigor, nosso compromisso com a empresa. (mais…)

, , , , ,

Impasse no acordo coletivo é outro “calo” a ser resolvido pela Sercomtel

do TRT

Permanece o impasse no dissídio coletivo envolvendo a Sercomtel S/A Telecomunicações e o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicação do Paraná (Sinttel/PR). Na última quinta-feira, em audiência no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, em Curitiba, as partes buscaram soluções para compor o novo Acordo Coletivo, sempre levando em conta graves dificuldades econômicas por que passa a empresa – que pode inclusive perder a licença concedida pela Anatel para explorar a atividade econômica -, que não dispõe de recursos financeiros para conceder a principal reivindicação dos trabalhadores: reajuste salarial de 7%. Trabalhadores e empregadores tentam chegar a uma solução desde o primeiro semestre deste ano (a data-base da categoria é em junho). (mais…)

, , , , , ,