Acaba a boquinha para alguns dos apaniguados de Richa

Em julho do ano passado este blog alertava que o BNDES não estava mais aceitando indicações políticas para  cargos na Copel (leia aqui) cumprindo a lei das estatais. Na época os indicados para comporem o Comitê de Indicação e Avaliação da empresa os donos da Fazenda (Mauro Ricardo Rocha), Gabinete do Governador (Deonilso Roldo), Administração (Fernando Ghinone), Juraci Barbosa e o deputado federal Valdir Rossoni, que manda na Casa Civil. Um belo incremento nos ganhos dos apadrinhados em 25 mil por mês.

O BNDES denunciou o caso à Comissão de Valores Mobiliários – que manda na Bolsa de Valores – e determinou que Richa “desindique” os apaniguados.

2 comentários em “Acaba a boquinha para alguns dos apaniguados de Richa

  • 09/03/2018, 19:10 em 19:10
    Permalink

    A prima distante continua com uma boquinha na Sercomtel. E daí Marcelo?

    Resposta
  • 11/03/2018, 07:04 em 07:04
    Permalink

    Aí aí aí aí, está chegando a hora, o dia ja vem raiando meu bem, e eu tenho que deixar a SINECURA. Essa deve ser a musiquinha que está na cabeça de cada apaniguado, comissionado, afilhado, baba-ovo, correligionario indicado pelo Bonecao de Olinda, na administracao direta e indireta. Dizem que sao mais de cem cargos.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: