Alívio para alguns. Ex-vereadores são absolvidos da acusação de cobrança de propina

Os ex-vereadores, Renato Araújo, Gláudio de Lima, Luiz Carlos Tamarozzi, Orlando Bonilha, Henrique Barros, Sidney de Souza e Flávio Vedoato foram absolvidos por falta de provas da denúncia de cobrança de propina de R$ 120 mil. Os donos de um condomínio fechado buscavam autorização do legislativo para cercar o loteamento. O ex-vereador Osvaldo Bergamin morreu durante o processo. Ele teria negociado o valor em quatro parcelas e ainda seria acusado de promover um churrasco entre os proprietários e políticos.

0 thoughts on “Alívio para alguns. Ex-vereadores são absolvidos da acusação de cobrança de propina

  • 26/02/2015, 21:00 em 21:00
    Permalink

    O STF decidiu que a delação premiada que um ex-diretor da Siemens fez à PF envolvendo um figurão do PSDB e outro do DEM não apresentava provas e mandou a delação pro lixo. Agora um juiz diz que a acusação não é acompanhada por provas e os vereadores irão dormir os sonos dos justos. Será que a justiça vai acreditar na delação premiada do criminoso profissional que já emprestou avião pro senador honestão?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: