Barulho em Ibiporã. Chama o parça que tem cargo

O Prefeito de Ibiporã José Maria Ferreira acaba de achar uma jeitinho para alocar seu companheiro de campanha, o Pastor José Vilande, na Secretaria de Assistência social.
Acontece que em 01/01/21 Vilande foi nomeado secretário da pasta, mas existia uma lei que somente pessoas com formação na área podiam estar secretários desta pasta. Com isso Zé Maria deu a ele o cargo de diretor.
Mas como o salário do diretor é a metade do secretário, não agradou o companheiro.
Sendo assim, Zé faz uma manobra na Câmara para mudar a lei.
Agora resta saber como votará o Vereador Rafael Eik, filho do Zé Maria.
Pra quem acompanha as Redes Sociais da Prefeitura de Ibiporã, pode constatar que o Filho do Zé está presente em todos os eventos com o pai, o que não acontece com os outros vereadores.
Por conta disse, já corre a boca pequena que os outros 8 vereadores votariam contra o projeto para retaliar o primogênito e seu pai.

2 thoughts on “Barulho em Ibiporã. Chama o parça que tem cargo

  • 19/04/2021, 20:27 em 20:27
    Permalink

    Se pesquisar bem, pode encontrar esse tipo de manobra também em Londrina;

    Resposta
  • 20/04/2021, 09:32 em 09:32
    Permalink

    A CONSTITUIÇÃO NÃO PERMITE QUE SEJA INSTITUÍDO O FATOR RELIGIOSO NA CRIAÇÃO OU REVOGAÇÃO DE UMA LEI PARA BENEFICIAR CUPINCHAS DE PREFEITOS OU SEJA LÁ QUEM FOR O DETENTOR DE MANDATO ELETIVO NESTE PAÍS. SE ESSE PASTOR FOSSE SÉRIO, NEM ACEITARIA CARGO PÚBLICO. A FUNÇÃO DELE É PREGAR O EVANGELHO OU ENFIAR A MÃO NO BOLSO DO POVO? ALTOS SALÁRIOS SÃO BEM ATRATIVOS NÉ? PRINCIPALMENTE SE VC APENAS ENFIA O MONEY NO BOLSO E OUTROS FAZEM SEU TRABALHO – A EQUIPE TÉCNICA E QUALIFICADA PARA TAL! “O Estado Brasileiro é laico/secular, isso, teoricamente, prega a desagregação da religião e seus valores sobre os atos governamentais. Em uma democracia, a pluralidade de crenças e valores é incalculável, justamente por pousar sobre a liberdade. E o Estado deve agir com o máximo de neutralidade e igualdade possível com relação as mais diversas pautas, por isso, a laicidade é um princípio crucial para a manutenção da democracia e os direitos individuais e coletivos”. TUDO ISSO DEIXA O POVO MAIS ENOJADO. COMO DIRIA RUI BARBOSA: “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: