Como usar a máquina administrativa nas barbas da Justiça Eleitoral

A governadora Cida Borghetti e o ex Beto Richa Foto: Ricardo Almeida/ANPr

Como usar a máquina administrativa na fuça da Justiça Eleitoral e isso passar batido quase sem questionamentos.

Vamos a um exemplo claro, límpido.

Terça-feira a governadora Cida Borghetti embarcou no helicóptero do governo levando de carona o ex-governador Beto Richa, candidato ao Senado, para  ir a Matinhos, comemorar o aniversário da cidade.

Lá chegando, levaram uma vaia danada – mas que a midia procurou não noticiar – fizeram fotos, assinaram alguns papeis, autorizando a duplicação de uma avenida, deram-se as mãos, etc, etc.

Pura e explícita campanha eleitoral.

E… e fica por isso mesmo.

 

Um comentário em “Como usar a máquina administrativa nas barbas da Justiça Eleitoral

  • 15/06/2018, 13:58 em 13:58
    Permalink

    Pode espernear à vontade, blogueiro. Esse aí com a caneta na mão tem a proteção até do juiz Moro! Como donos desta capitania hereditária, os dois chefões da foto tudo podem.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: