Foto histórica. O momento da primeira venda da Sercomtel

Alguns dos personagens que deveriam ser convidados para a “Convocação Geral da Sercomtel”, para salvar a empresa.

Na foto, a reunião em que definiu a venda de 45% das ações da Sercomtel para a Copel, com a participação do governador Jaime Lerner, o então prefeito Antonio Belinati, o presidente da Sercomtel Rubens Pavan e o vice-prefeio e presidente da Codel, Alex Canziani.

Boa parte do dinheiro da venda da empresa foi desviado para campanhas eleitorais e rechear bolsos vazios, como ficou comprovado na Justiça.

 

5 comentários em “Foto histórica. O momento da primeira venda da Sercomtel

  • 14/10/2017, 16:26 em 16:26
    Permalink

    o unico livre ainda por ai e o BONEÇÃO DE OLINDA , mas a vida dele ta com hora marcada…..

    Resposta
  • 14/10/2017, 19:40 em 19:40
    Permalink

    Resumo da opera, Belinati admite passar o controle da Sercomtel para a COPEL. Nenhuma palavra sobre a situação dos funcionários. Sabe que existe um pequeno embróglio pendente, com relação Autarquia (antes era uma Diretoria) criada para administrar a operação da SERCOMTEL, e que foi transformada em S A, só falta o prefeito dizer que não sabe! Com relação ao turminha da foto, é o menos relevante, pois nenhum vai para a cadeia por esse desvio milionário e o Boneco de Olinda tem foro privilegiado.

    Resposta
  • 15/10/2017, 05:41 em 05:41
    Permalink

    DIONILTRO Rubens Pavan

    Nome correto e na briga ainda

    https://www.jusbrasil.com.br/diarios/documentos/332562425/andamento-do-processo-n-1206694-1-02-recurso-extraordinario-especial-civel-02-05-2016-do-tjpr?ref=topic_feed

    0006 . Processo/Prot: 1206694-1/02 Recurso Extraordinário/Especial Cível
    . Protocolo: 2014/465612, 2014/465617. Comarca: Região Metropolitana de Londrina – Foro Central de Londrina. Vara: 2ª Vara da Fazenda Pública. Ação Originária: 1206694-1 Apelação Civel. Recorrente: Sercomtel SA Telecomunicações.
    Advogado: Wellington Lincoln Seco. Recorrido (1): Rubens Pavan, Wanderley Pavan. Advogado: Wanderley Pavan. Recorrido (2): Brookfield Serviços Financeiros Brasil Ltda. Advogado: Flávio Pereira Lima. Recorrido (3): João Mendonça da Silva. Advogado: Rodrigo Rodrigues da Costa. Recorrido (4): Gino Azzolini Neto. Advogado: Mariane Guazzi Azzolini, Wanderley Pavan. Recorrido (5): Sandra Lúcia Graça Recco. Advogado: Alessandra Barbieri. Recorrido (6): Antonio Casemiro Belinati. Advogado: André Augusto Gonçalves Vianna, Antônio Carlos de Andrade Vianna. Recorrido (7): Wilson Mandelli. Advogado: Ronaldo Gomes Neves. Recorrido (8): Walter Massao Ikeda, Francisco Roberto Pereira. Advogado: Carlos Adolfo Nishida Mayrink Góes. Recorrido (9): Regina Maria Bettega Pessoa Augusto. Advogado: Etalcino da Luz Munhoz Junior. Recorrido (10): Otaviano Fugioka Mologni, Juliano Fugioka Mologni, Celina Kazuko Fujioka Mologni, Espolio de Ismael Mologni. Advogado: Celina Kazuko Fujioka Mologni. Recorrido (11): Nedson Luiz Micheleti. Advogado: Gustavo Munhoz. Recorrido (12): Município de Londrina. Advogado: Carlos Renato Cunha. Recorrido (13): Brookfield Serviços Financeiros – Brasil Ltda. Advogado: Flávio Pereira Lima, Pedro Henrique Torres Bianqui.

    Interessado: Capitaltec Sa Consultoria Economica, Dioniltro Rubens Pavan.

    Despacho: Descrição: Despachos Decisórios
    Diante do exposto, nego seguimento ao recurso especial de SERCOMTEL S/A TELECOMUNICAÇÕES; e nego seguimento ao recurso extraordinário interposto por SERCOMTEL S/A TELECOMUNICAÇÕES. Publique-se. Curitiba, 14 de abril de 2016. DES. RENATO BRAGA BETTEGA 1º Vice-Presidente

    Resposta
  • 15/10/2017, 14:42 em 14:42
    Permalink

    Essa cambada acabaram com a Sercomtel,sumiram com todo dinheiro e nem um metro de meio fio fizeram,e continuam ai dando palpites e até ajudando dar golpes.

    Resposta
  • 15/10/2017, 22:00 em 22:00
    Permalink

    A criação sob sua batuta da Ask e TV a cabo, foi manobra para maracutaias e distribuição de cargos para aliados, tanto é verdade o que estou escrevendo que as duas empresas nunca decolaram, e eram um bom negócio p a SERCOMTEL, ouvi isso do senhor. A TV a cabo foi responsável por prejuízos milionários para a Sercomtel, só deu prejuízo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: