Funcionários colocam Sanepar na parede

Os Sindicatos que representam os trabalhadores da Sanepar e representantes da empresa estarão reunidos em Curitiba, hoje às 14h, para discutir as reivindicações salariais. Eles querem colocar a empresa na parede em função das indicações políticas que a midia divulgou nos últimos dias.

A Sanepar alega que não tem dinheiro para atender as reivindicações, mas nomeia apaniguados de políticos para assessorias esdrúxulas. A empresa dispõe 31 cargos de “consultores estratégicos”. Para você ter uma ideia, a esposa do secretário de Segurança, Fernando Francishini, Flávia Carolina Resende Jaber Francischini foi agraciada com este cargo. Para ser consultora estratégica vai receber um salário de R$ 13.386,59.

Se o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche tem dinheiro para torrar com cargos assim, os servidores querem saber porque ele não atende os servidores.

Um comentário em “Funcionários colocam Sanepar na parede

  • 17/04/2015, 14:12 em 14:12
    Permalink

    Este Mounir e outro turquinho que deveria ser bem investigado, amigos dos turcos de cornelio….e chegado ao ABI.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: