Governo pede o bloqueio de R$ 1,24 milhão da APP Sindicato

E a porradaria entre o governo do Paraná e os servidores estaduais em greve continua firme e forte.

Hoje, informa a assessoria de comunicação do governo, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) entrou com uma ação na Justiça do Paraná pedindo a cobrança de R$ 1,24 milhão da APP-Sindicato, referente a multa pelos 32 dias em que manteve a greve declarada ilegal. A ação foi encaminhada ontem ao desembargador Luiz Mateus de Lima.
A greve dos professores foi declarada ilegal em março, quando a Justiça determinou multa de R$ 20 mil por dia, em caso de descumprimento da medida. Em abril, em nova determinação, a multa para o sindicato dos professores passou para R$ 40 mil por dia. “A majoração da multa, contudo, mostrou-se ineficaz para efetivação da tutela judicial concedida”, diz o documento da PGE.
Como a ordem judicial foi desobedecida, com o prosseguimento da greve, a PGE solicitou o bloqueio do dinheiro do sindicato réu, no valor referente a multa devida. “A conduta da categoria representa nítida afronta à autoridade da decisão proferida por este Tribunal de Justiça e, além de colocar em descrédito a autoridade da Justiça, impõe prejuízos irremediáveis à educação de milhares de estudantes”, defende a PGE.
Além do bloqueio do recurso, a PGE pede a obtenção de ordem judicial para impedir o repasse, à APP-Sindicato, dos valores descontados mensalmente dos professores filiados a título de contribuição.

4 thoughts on “Governo pede o bloqueio de R$ 1,24 milhão da APP Sindicato

  • 29/05/2015, 20:23 em 20:23
    Permalink

    Sabe quando bloqueiam,nunca,vão começar um couro de pica para advogado ganhar algum,depois do caixa ser feito libera tudo e pronto.
    A justiça nossa deve provocar riso em pessoas de outros países,tanto que a melhor coisa do mundo hoje para bandido e se naturalizar brasileiro,

    Resposta
  • 29/05/2015, 20:58 em 20:58
    Permalink

    Nem os paus-mandados da ditadura militar no governo estadual fizeram o que os tucanos estão fazendo. O ódio dos tucanos aos trabalhadores é sem limite e a vontade suprema deles é destruir qualquer sindicato independente.

    Resposta
  • 29/05/2015, 21:47 em 21:47
    Permalink

    O governador meteu “bala” nos contribuintes com aumento do ICMS, das taxas do Detran, do IPVA… O governador meteu “bala” nos aposentados estaduais taxando suas aposentadorias… O governador meteu “bala” na grana do ParanaPrevidência e já confiscou R$ 500 milhões. Agora o governador quer meter “bala” no dinheiro do sindicato dos professores. Onde tem dinheiro, esse governador não tira o olho…

    Resposta
  • 29/05/2015, 22:27 em 22:27
    Permalink

    Estou desconfiado que o governador está apostando na continuação da greve. Assim o noticiário se concentra nela. Se a greve acabar, o assunto principal pode voltar a ser a corrupção no seu governo. Aí os jornais só voltam a falar no Gaeco, no primo do governador, nos delatores premiados e suas delações (o 100%BETORICHA e o auditor), na Madre Teresa de Calcutá e seus cobertores…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: