Justiça nega liberdade provisória a policial

A Justiça negou liberdade provisória ao policial Wilson Alex Bianchi. Ele é suspeito de ter participado de vários assassinatos ocorridos na cidade, no dia 30 de janeiro. Na última sexta-feira, a Polícia Civil cumpriu sete mandados de prisão temporária, 25 de busca e apreensão e sete de condução coercitiva. Seis policiais militares foram presos temporariamente.

Deixe uma resposta