Presidente da Sercomtel e o “Veja bem…”

E o presidente da telefônica Sercomtel, Cláudio Tedeschi, depois de perceber o barulho que foi a repercussão do que disse na Câmara de Vereadores, ao afirmar que a empresa teria problemas para pagar os salários daqui a 60 dias, soltou esta nota interna para os funcionários.

7 comentários em “Presidente da Sercomtel e o “Veja bem…”

  • 17/05/2019, 17:45 em 17:45
    Permalink

    No passado… diríamos que “Dilmou”…

    Na atualidade esse comportamento remete ao “bolsonarismo à Velez”….

    Está faltando uma Tabata Amaral na Câmara local…

    pra fazer os questionamentos mínimos.

    Cadê o planejamento?

    Cadê os planos de ação?

    Quanto têm de recurso disponível?

    Qual a projeção de Entradas e Saídas?

    Planejado, vs, Realizado:.

    Quais serão as medidas nos cenários: pessimista, base e otimista?

    Vereadores, os senhores serão chamados à aprovar recursos para aplicar nessa empresa…
    Como já indicado na mensagem presidêncial…

    Os senhores vão abrir mão de recursos em saúde e educação…

    Exijam, no mínimo, TRANSPARÊNCIA e RESPEITO

    À vcs e, principalmente, a quem representam, o POVO sofrido e pagador de impostos….

    PAZ

    Resposta
  • 17/05/2019, 17:58 em 17:58
    Permalink

    É no mínimo um comportamento contraditório.
    Amoldar o discurso de acordo com as “conveniências”, só provoca confusão na cabeça das pessoas. Afinal de contas, qual é a informação correta?

    A) a correta é a falada à imprensa

    b) a correta é a falada à Câmara

    c) a correta é a falada aos empregados

    d) Todas estão incorretas

    e) NDA

    Pobre Londrina….

    Resposta
  • 17/05/2019, 18:27 em 18:27
    Permalink

    É muita incompetência junta.

    Resposta
  • 17/05/2019, 19:01 em 19:01
    Permalink

    Que nota mal redigida, erros grosseiros de gramática, (…) “materias veiculadas pelos veículos”, cadê a concordância? e os sinônimos? texto está truncado, falta coesão…

    Bom, talvez seja a falta de coerência mesmo…

    Resposta
  • 17/05/2019, 20:38 em 20:38
    Permalink

    O restabelecimento da confiança será
    muito difícil. O gestor público não pode tergiversar sobre assuntos indisponíveis, como os numéricos. Pode rever suas idéias e posições, pois isso integra o jogo democrático. Seria legal ouvir a opinião do Prefeito a respeito!
    Se manter o subordinado, demonstrará que é partidário da filosofia “os fins justificam os meios”. Se trocar, o Prefeito demonstrará que a Ética e a Transparência na sua gestão são irrenunciáveis e inegociáveis.
    O presidente deve ter agido no melhor interesse de Governo. Mas o governante deve passar uma mensagem inequívoca aos seus comandados,
    de que o atendimento às metas, não pode extrapolar os limites impostos pela ética.

    Resposta
  • 19/05/2019, 19:16 em 19:16
    Permalink

    Conseguiram colocar o mais incompetente de todos. O Pres Junior acha que é o cara da empresa. Advogado particular do Pres tá mandando e desmandando. Belinatti tá fazendo de tudo pra terminar o que o tio começou.

    Resposta
  • 20/05/2019, 10:14 em 10:14
    Permalink

    A incompetência que vai quebrar a empresa em menos de 6 meses já foi inventada

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: