Quanto custa para o contribuinte manter os representantes no Parlamento?

Confira os números publicados pelo jornal Folha de Londrina.

Vereador (Londrina/ anual)

R$ 154,8 mil – remuneração bruta

R$ 300 mil – contratação de até cinco assessores

R$ 4,9 mil – selos

R$ 3,3 mil ligações

4 mil cópias – xerox/ PB/mês

Deputado Estadual (Ano)

R$ 303 mil – remuneração bruta

R$ 376,8 mil – despesas de gabinete

R$ 1,1 milhão – contratação de assessores

Deputado Federal (ano)

R$ 404 mil (renda bruta)

R$ 16,8 mil – ajuda de custo

R$ 547 mil – CEAPS

R$ 51 mil – auxílio moradia

R$ 50 mil – valor máximo de reembolso de despesas médicas

R$ 1 milhão -verba de gabinete  (até 25 funcionários)

Cada Senador (ano)

R$ 404 mil (renda bruta)

R$ 960 mil – contratação de assessores

R$ 66 mil (auxílio moradia)

R$ 6 mil – telefonia fixa residencial

R$ 102 mil  – cota de serviços gráficos

3 comentários em “Quanto custa para o contribuinte manter os representantes no Parlamento?

  • 06/02/2017, 12:27 em 12:27
    Permalink

    Selo é trocado por dinheiro nas Agências Franqueadas com deságio?
    Deveriam acabar com esta cota, pois não mandam cartas mesmo.
    MP neles! Investiguem o uso da cota.
    Alguém imagina o suplente suplício Jamil Janene escrevendo um ofício ou requerimento?
    Duvido ter uso prático.

    Resposta
  • 06/02/2017, 12:30 em 12:30
    Permalink

    dinheiro jogado fora pela janela……

    Resposta
  • 07/02/2017, 14:48 em 14:48
    Permalink

    Aqui tem um monte de coisa inutil que nós pagamos,vereadores com trocentos assessores,desembargador,procurador e esse monte de deputado,.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: