Ao não votar, Ratinho não chegou a desagradar tanto o governador Beto Richa, de quem espera receber apoio na eleição do ano que vem e, ao mesmo tempo, acredita que não ficará “queimado” com o funcionalismo, a quem poderia agradar se votasse contra o projeto.

Seria apenas uma estratégia política ou Ratinho não sabia o que pensar sobre o projeto?