Richa teria repassado R$ 4,3 mi para aliados. Veja quem são os caras

da Veja

Em novo trecho de sua proposta de delação premiada obtida por VEJA, o engenheiro Maurício Fanini, ex-diretor da Secretaria de Educação do Paraná, afirma que o ex-governador Beto Richa (PSDB) repassou pelo menos 4,3 milhões de reais em caixa dois para três candidatos a deputado federal na eleição de 2014: Fernando Francischini (hoje no PSL e na época candidato pelo Solidariedade), Ricardo Barros (PP) e Alex Canziani (PTB). Os três integravam a coligação que elegeu Beto governador. Fanini está preso desde setembro do ano passado e é personagem central da operação Quadro Negro, que investiga fraudes em licitações para a construção de escolas no Paraná.

5 comentários em “Richa teria repassado R$ 4,3 mi para aliados. Veja quem são os caras

  • 26/07/2018, 23:09 em 23:09
    Permalink

    Como diria o eleitor-mor do Geraldo Bossonaro e do Messias Alckmin, isto também não vem ao caso!

    Resposta
  • 27/07/2018, 08:14 em 08:14
    Permalink

    Até que enfim, Alex Canziani tropeçou? Nós dias atuais, está cada vez mais difícil de encobrir os “mal feitos” da vida.

    Resposta
  • 27/07/2018, 10:25 em 10:25
    Permalink

    Esse Fanini deve estar desesperado mesmo pra sair da cadeia. Coitado do Beto Richa, cada delacao é um desespero

    Resposta
  • 27/07/2018, 11:26 em 11:26
    Permalink

    A notícia fala de “doações” a candidatos aliados de outros partidos. Certamente o filé ficou mesmo foi para a turma do partido do Beto Richa, o PSDB, também conhecido por partido dos tucanos. É claro que nem um centavo desse dinheiro espúrio chegou para tucanos londrinenses, que só aceitam dinheiro abençoado e santificado, né mesmo?!?

    Resposta
  • 27/07/2018, 18:40 em 18:40
    Permalink

    E quanto mandou para o Hauly , ou não mandou nada ?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: