Vereadores do PSDB estão deixando o fair play de lado

Os dois vereadores de Londrina, Gerson Araújo, que está saindo da Câmara, e Amauri Cardoso, que está entrando, estão começando a colocar de lado o fair play.

Já começam a aparecer as cotoveladas.

Araújo teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral por ter concorrido ao cargo de vereador quando ocupava o cargo de prefeito.

Amauri Cardoso, através de seu advogado, conseguiu na Justiça, acelerar a decisão do TSE. Lembrando sempre que ambos são do mesmo partido.

Ao falar sobre o assunto em entrevista coletiva, Araújo disse que não julga, etc, mas que não faria isto de jeito algum.

Já Cardoso disse que ao jornalista Carlos Oliveira, da rádio Paiquerê, que a atitude protelatória de Araújo, não tem nada de cristão – referindo-se ao fato de que Araújo é pastor evangélico. “Ele estava com o mandato cassado desde o primeiro momento e fez de tudo para protelar com recursos na justiça. Só consegue isso quem tem dinheiro e advogados. Nunca concordei com essa atitude dele”, disse Cardoso.

13 comentários em “Vereadores do PSDB estão deixando o fair play de lado

  • 08/07/2015, 13:01 em 13:01
    Permalink

    COISA DO DEMO, que assolou a muita gente boa com os pecados capitais. Escolha qual seria o mais adequado aos dois vereadores que queriam o salário de julho:

    3. Avareza: apego ao dinheiro de forma exagerada, desejo de adquirir bens materiais e de acumular riquezas.
    4. Ira: raiva contra alguém, vontade de vingança
    5. Soberba: manifestação de orgulho e arrogância.
    6. Vaidade: preocupação excessiva com o aspecto físico para conquistar a admiração dos outros.
    7. Preguiça: negligência ou falta de vontade para o trabalho ou atividades importantes.

    Resposta
  • 08/07/2015, 13:08 em 13:08
    Permalink

    bom esse Sr. Amauri é aquele que no passado colocou um amigo na cadeia, amigo esse que sempre o ajudou principalmente nas horas difíceis, e agora passando a rasteira no companheiro de partido msm sendo contra ele que seus votos de legenda, lembrando se nunca conseguiu se eleger na urna né, e do jeito que anda com suas condutas ate mesmo ser direto de escola será dificil, quem vai querer um exemplo desse perto de seu filho.

    Resposta
  • 08/07/2015, 13:34 em 13:34
    Permalink

    Nessas horas meu amigo, não tem essa de mesmo partido o negócio é poder. O que está saindo não pode reclamar, afinal se manteve indevidamente no cargo por longo 2 anos e meio. Por outro lado, o que está entrando também tá no lucro, pois para mim os votos deveriam ser anulados.

    De qualquer forma fica a pergunta: E os indicados do Pastor na Câmara e Prefeitura vão continuar??? Com a palavra Professor Fabinho e Kireff

    Resposta
  • 08/07/2015, 14:20 em 14:20
    Permalink

    Como assim o Sr. não faria? , o Sr. já tinha perdido no TRE do Pr. por 6xo e recorreu na minha opinião a ação é a mesma,

    Resposta
  • 08/07/2015, 14:27 em 14:27
    Permalink

    Perde Londrina, sai um homem de caráter e correto, entra o Amaury.

    Resposta
    • 09/07/2015, 18:15 em 18:15
      Permalink

      Sem moral e trairá um cara sem sal e sem açúcar, infelizmente só vai receber o salário e o povo vai pagar esse retrógrado, coitada de nossa Londrina.

      Resposta
  • 08/07/2015, 17:04 em 17:04
    Permalink

    Lamentável a atitude do Amauri. Como sempre, serena a atitude do pastor Gerson. A Câmara perde um homem de bem, que pensa no coletivo, e ganha um vereador individualista que pensa no seu próprio bem e interesse acima de tudo.LAMENTÁVEL!

    Resposta
  • 08/07/2015, 17:06 em 17:06
    Permalink

    Acompanhando as redes sociais, vejo centenas de mensagens de apoio e solidariedade ao vereador Gerson Araújo. É o reconhecimento pelo seu trabalho. É uma saída honrosa, de quem merece todo nosso apoio.

    Resposta
  • 08/07/2015, 18:12 em 18:12
    Permalink

    podem fechar esta merda e mandar todos procurar oficio….e só mais um pra mamar deitado.

    Resposta
  • 08/07/2015, 19:15 em 19:15
    Permalink

    Observando , amigo é aquele que não coloca o outro em encrenca ou chama para fazer algo ilicito, se eu fosse pai de um dos alunos do Amauri, sentiria honrado ter um profissional com esse carater.

    Resposta
  • 08/07/2015, 19:18 em 19:18
    Permalink

    Na camara só fica quem é indicado pelo vereador, com a exclusão do pastor todos saem automaticamente, quanto a Prefeitura só o Prefeito que exonera se quiser é claro.

    Resposta
  • 08/07/2015, 21:41 em 21:41
    Permalink

    Na minha opinião, a lei deve ser cumprida e imagino que o pastor deve ter a consciência de que já estava para sair.
    Afinal de contas, se ele assumiu a Prefeitura, sabendo dos riscos é lamentável observar que ainda “tenta” ficar no cargo.
    Por outro lado o Amauri Cardoso contribuiu e muito para a limpeza da cidade, colocando ordem da casa, denunciando os corruptos, que viviam na Câmara e na Prefeitura.
    Em minha opinião, Amauri Cardoso é bem mais preparado, acho que quem ganha é a cidade de Londrina, e o pastor deve cuidar do seu rebanho agora, pois é muito feio tentar ficar brigando por cargo.

    Resposta
    • 09/07/2015, 18:43 em 18:43
      Permalink

      ENTÃO O SUJEITO É X9 DECLARADO

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: