Exclusivo para o blog: Senador Alvaro Dias fala sobre a ação da PF, a mando do STF, contra as Fake News

Manhã quente, pelo menos pros lados da Polícia Federal que investiga Fake News por determinação do ministro Alexandre de Moraes.

O blog entrevistou o senador Álvaro Dias que fala sobre a ação da polícia federal e também de assuntos polêmicos como a prisão em segunda instância e o fim do Foro Privilegiado.

Veja, comente e compartilhe

, , , , , , , , , , , , ,

Bolsonaro x Lula : Por que, a cada ano que passa, os políticos ficam tão grosseiros?

, , , , , ,

Polêmica. Advogado garante que nos decretos do Governo do Paraná e da prefeitura de Londrina não há proibição contra funcionamento de academias

, , , , , , , , , , ,

Bolsonaro: ordem unida para manter o eleitor pilhado em busca da reeleição

Não se engane. As atitudes de Jair Messias Bolsonaro são para manter o seu eleitor unido contra todos os “adversários” – leia-se aqui políticos, instituições, eleitores de outros candidatos e fantasmas à granel.

A meta é chegar com alguma gordura em 2022 – se nada acontecer antes neste caminho.

, , , , , , , , ,

Combate a corrupção não é exatamente uma prioridade

(Foto: Marcelo Camargo/Folhapress)

Quando Luiz Inácio Lula da Silva foi solto, em novembro de 2019, houve uma corrida no Congresso para que houvesse uma mudança na lei e a prisão em Segunda Instância fosse rapidamente aprovada.

Pois bem. Até hoje a PEC não foi votada em plenário. E não há prazo para que isso aconteça.

Outra PEC, a do senador Álvaro Dias, a que acaba com o foro privilegiado no país, está completando mais de 500 dias sem ser votada pela Câmara dos Deputados. A proposta foi aprovada em 11 de dezembro de 2018 na Comissão Especial e desde então está parada e aguarda para ser levada ao plenário.

Convenhamos, não parece ser um governo que junto com sua base de apoio articula para fortalecer o combate à corrupção.

, , , ,

Moro sai e sai atirando em Bolsonaro

, , , , , , , , , ,

Justiça determina que deputado Filipe Barros retire de suas redes sociais postagens consideradas ofensivas a Promotora

O deputado federal Filipe Barros (PSL) de Londrina perdeu a primeira batalha na Justiça contra a Promotora de Justiça Suzana de Lacerda.

O juiz Jamil Riechi Filho, da 4ª Vara Cívil, deferiu liminar de antecipação dos efeitos para o fim de determinar que o
requerido, FILIPE BARROS BAPTISTA DE TOLEDO RIBEIRO, retire de todas as suas redes sociais (Facebook e Twitter), as postagens ofensivas à honra da autora. (mais…)

, , , , , ,

A Pandemia e os problemas psicológicos que ela trará para a população

, , , , , ,

Demissão de Mandetta: Bolsonaro se alimenta do CAOS!!

, , , , , ,

Conselho Federal de Medicina vai se posicionar sobre o uso da cloroquina

do Estadão

BRASÍLIA – O presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Mauro Luiz de Britto Ribeiro, afirmou que a entidade deve se pronunciar ainda nesta semana sobre o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina em pacientes da covid-19. Em entrevista exclusiva ao Estado, ele evita antecipar qual posição o órgão médico tomará, mas faz a ressalva de que “não existe nenhum trabalho na literatura mundial que comprove a eficácia” do medicamento no tratamento da doença. (mais…)

, , , , ,

A politização da cloroquina

Em seu quinto pronunciamento  durante a crise do coronavírus, Bolsonaro voltou a fazer críticas, desta vez veladas, aos governadores e prefeitos que impuseram medidas de isolamento e defendeu com veemência o uso da cloroquina, mesmo que ainda não exista comprovação científica da eficácia do medicamento contra a Covid-19. (mais…)

, , ,