Regras eleitorais para 2022 podem mudar

do Fernando Tupan
O presidente da Câmara Federal, Arthur Lira, (PP/AM) sinalizou que o Código Eleitoral Brasileiro deve mudar para 2022, já que a eleição municipal de 2020 mostrou que o atual modelo possibilita um maior número de partidos nas casas legislativas, o que desagrada alguns deputados federais, famintos pela reeleição.

Se for votado até outubro, o Brasil poderá ter um desses sistemas: o voto distrital (ou distritão), distrital misto ou até mesmo manter o atual de representatividade. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

As regras mudaram. O QUE PODE E O QUE NÃO PODE NA PRÉ-CAMPANHA

Definida a data da eleição, 15 de novembro, começa o aquecimento para conquistar o voto. E, como não poderia deixar de ser, as regras da eleição mudaram, mais uma vez.

Veja a entrevista com o advogado especialista em legislação eleitoral Frederico Reis e entenda o que pode e o que não pode na eleição.

E se você quer conhecer como deve ser o PASSO A PASSO PARA A CONQUISTA DO VOTO, ENTRE AQUI E INSCREVA-SE NO NOSSO CURSO

, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Termina hoje o prazo para você regularizar o título de eleitor

Esta é pra você que tem aquela preguiça enorme de votar mas que precisa do título de eleitor para uma série de coisas. Termina hoje o prazo para que os eleitores que não votaram e nem justificaram a falta nas últimas eleições regularizarem sua situação eleitoral.

Se você está em dúvida se está pendurado com a Justiça Eleitoral pode fazer a consulta no site do TSE.

Segundo informações do TSE, mais de 2,6 milhões de pessoas podem ter o título cancelado caso não resolvam a pendência. Desse total, apenas 93.702 regularizaram a situação desde o início do prazo, no início de março.

Com Agência Brasil

, ,