Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão no Tribunal de Contas do Distrito Federal

Tribunal de Contas do DF

E a corrupção não para neste país ao sul do Equador.

Hoje de manhã a Polícia Federal realiza uma operação para cumprimento de mandados judiciais no Tribunal de Contas do Distrito Federal e outros endereços de Brasília. (mais…)

, , ,

Faltando 9 dias para encerrar o mandato, Crivella é preso no Rio

Crivella chegando à delegacia / reprodução imagem da TV Globo

do G1

O Prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), foi preso na manhã desta terça-feira (22) em uma ação conjunta entre a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ). Além dele, foram presos também o empresário Rafael Alves, o delegado aposentado Fernando Moraes, o ex-tesoureiro da campanha de Crivella, Mauro Macedo, além dos empresários Adenor Gonçalves dos Santos e Cristiano Stockler Campos, da área de seguros.

O ex-senador Eduardo Lopes também é alvo da operação. No entanto, ele não foi encontrado em sua casa no Rio. Ele teria se mudado para Belém e deverá se apresentar à polícia. Ele foi senador do Rio pelo Republicanos, ao herdar o cargo de Crivella, e foi secretário de Pecuária, Pesca e Abastecimento do governador afastado Wilson Witzel.

Todos os presos vão passar por uma audiência de custódia às 15h, no Tribunal de Justiça, para que a legalidade do procedimento seja avaliada, conforme determinou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin.

O delegado aposentado Fernando Moraes está com sintomas de Covid-19 e, por isso, não foi levado para a Delegacia Fazendária como os outros presos. Ele está na Polinter, também na Cidade da Polícia.

Equipes da Polícia Civil chegam no condomínio onde mora prefeito Marcelo Crivella — Foto: Paulo Renato Soares / TV Globo

Equipes da Polícia Civil chegam no condomínio onde mora prefeito Marcelo Crivella — Foto: Paulo Renato Soares / TV Globo

Confira abaixo quem foi preso:

  • Marcelo Crivella, prefeito do Rio;
  • Rafael Alves, empresário;
  • Fernando Moraes, delegado aposentado;
  • Mauro Macedo, ex-tesoureiro da campanha de Crivella;
  • Adenor Gonçalves dos Santos, empresário;
  • Cristiano Stockler Camposempresário da área de seguros.

Todos os alvos da operação foram denunciados pelo MP pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e corrupção passiva.

‘QG da Propina’

A ação é um desdobramento da Operação Hades, que investiga um suposto ‘QG da Propina’ na Prefeitura do RioOs mandados são cumpridos pela Coordenadoria de Investigação de Agentes com Foro (CIAF) da Polícia Civil e do Grupo de Atribuição Originária Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça (Gaocrim), do MPRJ. A decisão é da desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita.

Crivella foi preso em casa, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, por volta das 6h. Ele foi levado diretamente para a Cidade da Polícia, na Zona Norte. Antes de entrar na Delegacia Fazendária, ele disse que foi o prefeito que mais combateu a corrupção e que espera por “justiça”.

“Lutei contra o pedágio ilegal, tirei recursos do carnaval, negociei o VLT, fui o governo que mais atuou contra a corrupção no Rio de Janeiro”, disse Crivella. Questionado sobre sua expectativa a partir de sua prisão, o prefeito se restringiu a responder: “justiça”.

Pego de pijamas

Ao chegar à Delegacia Fazendária, o advogado de defesa Alberto Sampaio disse que Crivella ficou surpreso com a prisão e foi pego ainda de pijamas em casa, já que tinha acabado de acordar. O advogado, no entanto, não quis gravar entrevista com a imprensa.

A prisão de Crivella acontece 9 dias antes de terminar o seu mandato. Como o vice-prefeito dele, Fernando McDowell, morreu em maio de 2018, quem assume a prefeitura enquanto o prefeito estiver preso é o presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Felippe (DEM).

Crivella chega à Cidade da Polícia  — Foto: Reprodução/TV Globo

Crivella chega à Cidade da Polícia — Foto: Reprodução/TV Globo

Delação revelou ‘organização criminosa’ na prefeitura

A investigação começou em 2018, a partir da delação do doleiro Sergio Mizrahy, que admitiu ser responsável pela lavagem de dinheiro para o que os investigadores chamam de organização criminosa que atuava dentro da prefeitura. (leia mais)

, , , , ,

Corrupção, Lavagem de Dinheiro: PF cumpre mandados na 75ª fase da operação Lava Jato

Tania Rego/Agencia Brasil

Policiais federais cumprem hoje (23) mandados de busca e apreensão na operação Boeman, a 75ª fase da operação Lava Jato. São 25 mandados que estão sendo cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro, de Macaé (RJ), São Paulo, Aracaju e Barra dos Coqueiros (SE). (mais…)

, , , ,

Bolsonaro: ordem unida para manter o eleitor pilhado em busca da reeleição

Não se engane. As atitudes de Jair Messias Bolsonaro são para manter o seu eleitor unido contra todos os “adversários” – leia-se aqui políticos, instituições, eleitores de outros candidatos e fantasmas à granel.

A meta é chegar com alguma gordura em 2022 – se nada acontecer antes neste caminho.

, , , , , , , , ,

O índice de suicídio entre policiais federais é seis vezes maior que a média nacional

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) se reuniu com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, na última quarta-feira (18), para tratar do alto índice de suicídios entre os policiais federais. Segundo dados da entidade, nos últimos dez anos ocorreram 33 suicídios. (mais…)

,

Operação Miopia: PF e Receita Federal cumprem 11 mandados de prisão em Foz e São Paulo

da Polícia Federal/Assessoria

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram hoje a Operação Miopia, com o propósito de desarticular uma organização criminosa transnacional especializada na prática de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. As contas bancárias das empresas controladas pela organização criminosa investigada movimentaram mais de R$ 6,5 bilhões de origem ilícita somente no período de 2010 a 2018. (mais…)

, , ,

Registro Espúrio: PF faz busca e apreensão em Londrina, Brasilia e Goiânia

da Polícia Federal

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou hoje a quinta fase da Operação Registro Espúrio, com o objetivo de aprofundar as investigações a respeito de organização criminosa que atua em fraudes e desvios relacionados a registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho. Nesta fase, o foco continua sendo o desvio de valores da Conta Especial Emprego e Salário – CEES, por meio de pedidos fraudulentos de restituição de contribuição sindical. (mais…)

, , , ,

Os caminhos da malandragem 2. Veja outros casos

Só para ilustrar, em Foz do Iguaçu, em 2015 a polícia prendeu o secretário municipal de Tecnologia da Informação Melquizedeque Correa Souza, e outros três jaguaras por supostas fraudes no recolhimento do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Segundo o delegado do Gaeco Marcos Araguari, “o secretário de Tecnologia da Informação tinha o poder de administrar o banco de dados da Secretaria de Fazenda e há indicativos técnicos apurados de que ele teve condições práticas para isso e de que ele próprio fazia as alterações para reduzir o valor dos imóveis e consequentemente dos impostos”. (leia mais) (mais…)

, , , , , , , , , , ,

Veja a carta de Palocci ao PT. Ele confirma e acrescenta tudo

Veja, na integra, a carta de Antonio Palocci ao PT

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Quais os erros que a esquerda cometeu? Veja, a Esquerda no Divã

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Petistas programam manifestação pró Lula em Curitiba

Lula e o parça Palocci. Foto site EsquerdaDiário

Amanhã o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – cuja alcunha é “A Alma mais Honesta do Brasil” vai prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba.

Os petistas – aqueles que ainda acreditam e os que precisam acreditar – marcaram uma manifestação em poio ao ex-presidente. Será na Praça Generoso Marques (próximo à Catedral), no centro de Curitiba, a partir das 18h. Antes, às 16h30, uma aula pública com a presença do ministro da Justiça do governo Dilma RousseffEugênio Aragão, discutirá os métodos utilizados pela Operação Lava Jato.

Confira a programação completa do dia 13/09: (mais…)

, , , , , , , , , , ,

Revelações da Operação Quadro Negro complicam a vida de Richa

Do Cícero Cattani

Segundo reportagem publicada no site deCartaCapital, o esquema, afirmam testemunhas, abasteceu a campanha do governador e de seus aliados nas últimas eleições. Agora, os investigadores querem saber como o dinheiro foi movimentado…Depois da partilha, o restante da quantia era enviado ilegalmente para fora do Brasil por meio de um doleiro, ainda não identificado. Sabe-se apenas que o homem de prenome Rui frequentemente levava dólares e euros à sede da construtora. O doleiro levaria as notas amarradas na perna e saía sempre portando uma mala.” (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,