Passe Livre: É do Couro que Sai a Correia

Por Major Adalberto

Ao invés de discutirmos o Passe Livre Estudantil, de uma maneira ampla, proponho debatermos a respeito do PASSE LIVRE SOCIAL ESTUDANTIL, apenas por uma questão simples de iniquidade.

Se liberarmos o Passe Livre a todo e qualquer estudante de forma indiscriminada, tendo em vista que os custos para ceder tais benefícios saem do mesmo lugar, o imposto pago pelos cidadãos, poderíamos dizer que seria justo que o imposto pago pelo pai do estudante de origem humilde, que recebe um salário mínimo, pague pelos custos da passagem do estudante cujo pai tem condições financeiras de pagar pela passagem do próprio filho? (mais…)

, , , , , ,

Usuário do transporte coletivo de Londrina, prepare o bolso!

O prefeito de Londrina foi o entrevistado da rádio Paiquerê Am, no sábado. E entre outros assuntos ele foi questionado sobre a polêmica da tarifa do transporte coletivo.

Ocorre que as empresas que operam o transporte coletivo na cidade ingressaram com uma ação na Justiça pedindo que fosse colocado na tarifa 7,5% referentes ao lucro da empresa. Segundo as empresas, o porcentual, que está no contrato, deixou de ser pago em 2004.

A prefeitura foi condenada, em primeiro grau, recalcular a tarifa, colocar o porcentual de lucro e pagar os valores retroativos a 2004. Até sexta-feira será anunciada a nova tarifa que pode chegar a R$ 3,25.

Sem juros e correção, a prefeitura estaria devendo R$ 30 milhões às empresas. Com a correção do período o valor salta para quase R$ 90 milhões.

, ,