A culpa também é nossa

Tempos atrás, dando uma palestra sobre política a um grupo de adultos que estava retornando aos estudos, alguns, inclusive, sendo alfabetizados, alguém levantou a mão e comentou sobre os vereadores da cidade: “É impressionante como eles são ruins, despreparados”.

Hoje, nas redes sociais, o questionamento é o mesmo sobre os parlamentares que votaram ontem na Câmara Federal. Há um espanto quase generalizado.

Mas, qual é o motivo do espanto?

Na palestra disse o óbvio: Fomos nós que elegemos estes vereadores. Nós que os colocamos lá. Se há alguém culpado por eles estarem lá, somos nós eleitores.

Fomos nós que elegemos os deputados que ontem estavam lá buscando seus segundos de glória.

O grande problema de nós eleitores é que não pesquisamos os candidatos antes de votar, não analisamos a conduta deles, a vida pregressa. E depois de digitar o número do candidato na urna, o eleitor sente-se com o dever cumprido, não tem em mente que também é responsabilidade dele fiscalizar o trabalho do eleito.

A culpa também e nossa.

Um comentário em “A culpa também é nossa

  • 19/04/2016, 13:51 em 13:51
    Permalink

    Concordo. Se temos três deputados golpistas em nossa cidade, a culpa também é nossa.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: