Saúde pública de Londrina e a “humanização” no atendimento

*Poka Marques

Na última sexta-feira ao tentar pegar uma madeira senti uma fisgada nas costas e, agora eu sei se tratar de um trauma severo na coluna. .Acionei o SAMU e 3 hs depois fui encaminhado para Upa do Jardim do Sol. Após uma hora, comecei a ser medicado. Tomei tudo o que eles tinham para dor, inclusive morfina, e a dor não passou. Por volta das 22:00 fiz um raio x . Felizmente não se constatou nenhuma fratura. Fui encaminhado para o ortopedista numa maca e ele nem saiu da sala para me atender.

Olhou meu prontuário e disse que eu precisava ser medicado durante toda a noite. Me deixaram na maca num corredor de frente pra cinco camas vazias .Depois de muita discussão, as 3 da manhã me colocaram numa delas .Na manhã seguinte fui atendido por um outro ortopedista que disse que eu teria que continuar sendo medicado.Tomei mais uma quantidade de Tramal e a dor não passava. Reclamei com a enfermeira ,que foi falar com ele.Voltou um recado, dizendo que eu tinha uma hérnia de disco(sem me examinar) e que era assim mesmo. Diante do absurdo pedi a enfermeira que chamasse o médico e conversando com ele acordamos que seria melhor eu continuar a recuperação em casa. detalhe: considerando a socorrista do SAMU eu passei por QUATRO MÉDICOS E NENHUM DELES me pediu para erguer a camisa. NINGUÉM OLHOU MINHAS COSTAS. NINGUÉM TOCOU NA MINHA COLUNA. Agora, praticamente com as mesmas dores que me impedem de ficar de pé e, por conta por minha conta e risco, vou fazer uma ressonância magnética para tentar compreender a gravidade da situação e buscar o socorro adequado. Em que momento os protocolos da saúde pública eliminaram a boa e velha consulta clinica? Acho que o prefeito vai ter muito mais trabalho do que suprir a falta de médicos mas unidades.

*Poka Marques, empresário, ator e produtor cultural

5 comentários em “Saúde pública de Londrina e a “humanização” no atendimento

  • 30/01/2017, 12:58 em 12:58
    Permalink

    É Dr. Marcelo, o que tem a dizer? O CRM? ou será que só gritam quando o Boca Aberta fala a verdade.

    Resposta
  • 30/01/2017, 13:23 em 13:23
    Permalink

    Seriam por acaso médicos cubanos?

    Resposta
    • 31/01/2017, 00:39 em 00:39
      Permalink

      Médicos cubanos? Duvido. Aliás, já ouvi muitos elogios ao atendimento dado pelos médicos cubanos participantes do programa Mais Médicos aos seus pacientes. O problema do Poka deve ser tratado administrativamente: o afastamento imediato dos quatro médicos que “atenderam” a vítima, digo, o paciente e a abertura de um inquérito administrativo para apurar responsabilidades.

      Resposta
  • 30/01/2017, 17:40 em 17:40
    Permalink

    Médico formado em Cuba Odarlone Orente ex candidato do PT a prefeito era o sabe tudo como o médico Martchello Belinati.
    Não deixem de ouvir o médico cubano e amigão do PT.

    Resposta
  • 30/01/2017, 21:14 em 21:14
    Permalink

    Poka espera que restabeleça logo, e de quebra de um curso de arte cenica, para os dois paspalhos do prefeitura a dupla dinamica, pois acham que estão abafando, e em trinta dias de governo ja levaram tanta pedrada que nem a pedreira Ica consegui produzir,
    melhoras poka

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: