13 governadores pedem que decreto que facilita porte de armas seja revogado

Como diria o filósofo Boligian, Vaiveno.

Informa o Estadão que governadores de 13 Estados assinaram hoje uma carta contra o decreto que facilita o porte de armas e o acesso a munições no País, publicado há duas semanas pelo governo Jair Bolsonaro. No documento, eles argumentam que as novas regras podem piorar os índices de violência nos Estados, e pedem os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário atuem para a “imediata revogação” do decreto.

Um dos principais argumentos é que o aumento da circulação de armas de fogo pode fortalecer facções criminosas, por meio de desvios e roubos de armamentos. Os governadores pedem, como solução para a área de segurança pública, ações para melhorar a forma como o governo restreia armas e munições, além de medidas para evitar que armamentos regulares caiam nas mãos de criminosos. (leia mais)

7 comentários em “13 governadores pedem que decreto que facilita porte de armas seja revogado

  • 21/05/2019, 20:20 em 20:20
    Permalink

    Que chato… Estou doido para comprar um rifle e 5 mil munições para proteger minhas calças jeans que secam no varal do quintal.

    Resposta
  • 22/05/2019, 07:45 em 07:45
    Permalink

    O pessoal que tem escolta armada paga pelo contribuinte dizendo que armas serão prejudiciais a segurança individual! Tá serto…….
    01 – Compra quem quem quer, ninguém é obrigado a nada.
    02 – Porte e posse trata-se do direito a legitima defesa e não caso de segurança pública que é dever do Estado, se vc estiver satisfeito com os serviços prestados pelo Estado abra mão do seu plano de saúde e da escola particular de seu filho e deixe seu dinheirinho lá na poupança pro governo administrar.
    03 – São “Governantes” dos Estados do norte e nordeste, localidades com os piores IDG do Brasil e pelo jeito continuarão assim por um longo período.
    04 – Se vc não levou um tiro de um bandido portando uma arma ilegal, os riscos de você levar um tiro de uma pessoa honesta que comprou um arma legal se reduzem em pelo menos 98%, desde que você não lhe de voz de assalto ou tente invadir sua propriedade.
    05 – Gente….sejamos sinceros, todo o processo para a aquisição de uma arma de fogo fica em torno de R$ 7.000,00, pessoalzinho aí reclama de gasolina a R$ 4,50…….e outra tem que ter nome limpo viu.

    Tem dias que eu tento valorizar a imprensa local, vou lá nos meus favoritos, clico no Paçoca com Cebola mas sempre tenho a impressão que sou redirecionado para o 24/7, Diário do Centro do Mundo, Blog do Esmael………um horror.

    Resposta
    • 22/05/2019, 16:20 em 16:20
      Permalink

      Concordo 100% com o irmão Genildo. Vejam o caso ocorrido em Paracatu – MG, onde um homem armado invadiu uma igreja e matou três pessoas antes de ser ferido (policiais precisam melhorar a pontaria). Estivesse o pastor armado, ele não precisaria fugir como um rato amedrontado e ficaria na igreja defendendo suas ovelhas. Se as vítimas também tivessem armas para se proteger, o criminoso, no máximo, mataria uma pessoa já que ele levava a vantagem da surpresa. Mas seria apenas uma porque os fieis armados poderiam mandá-lo para o inferno antes que ele fizesse outra vítima. É isso aí, irmão Genildo, que todos tenham a posse e o porte de arma para se defenderem, até nas igrejas.

      Resposta
  • 22/05/2019, 11:22 em 11:22
    Permalink

    Porte de armas liberado… Cerveja e chopp liberados no estádios paranaenses… Acho que o Tubarão pode começar a pensar em vender coletes a prova de balas personalizados. KKK KKK KKK

    Resposta
    • 22/05/2019, 15:54 em 15:54
      Permalink

      Opa…..pera lá! Não meça o despreparo dos outros pela sua régua!!!!

      Resposta
  • 22/05/2019, 11:32 em 11:32
    Permalink

    Vejam o partido destes governadores…

    Resposta
    • 22/05/2019, 19:56 em 19:56
      Permalink

      Uau! Esses governadores e esse partido devem ser fortes pra caralho. Não é que o Bozo, digo, Bolsonaro mijou para trás!?! Yes, the president amarelou e voltou atrás em vários pontos de seu decreto. Aliás, um outro frouxo do governo também começou a enfiar o rabo entre as pernas e começou a liberar dinheiro para a educação. Aposto que está com medinho dos universitários. Ou será medão mesmo?

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: