Ação pede a suspensão do processo de venda da Sercomtel

Ação popular ingressada ontem na Vara de Fazenda Pública de Londrina pede acesso ao Data Room com informações da Sercomtel e a suspensão do processo de venda da empresa por 30 dias.

A Sercomtel foi negociada na Bolsa de Valores de São Paulo e vendida para o Bordeaux Fundo de Investimento. A proponente fez o único lance pelo ativo durante o certame.

O fundo ofereceu um valor de R$ 0,10 por ação ordinária visando a capitalização e a reestruturação societária da companhia. O valor representou um ágio de 900% sobre o preço de referência de R$ 0,01 definido pela Sercomtel para o processo.

A ação assinada pelo engenheiro Auber Silva Pereira e o médico Lauro de Castro Brandão. Segundo eles a venda da telefônica não cumpriu os ritos do edital publicado pela prefeitura.

Veja a argumentação:

3 thoughts on “Ação pede a suspensão do processo de venda da Sercomtel

  • 15/09/2020, 15:10 em 15:10
    Permalink

    Na página 6 tem duas fotos nostálgicas do gaequismo de Londrina. Posta aê Paçoca!

    Resposta
  • 15/09/2020, 22:15 em 22:15
    Permalink

    Parabéns colega pela excelente peça.
    Realmente está bastante obscuro esta negociação..
    Quem sabe o nosso MP comece a verificar mais de perto certas atitudes desta administração nos poderes Executivo e legislativo

    Resposta
  • 16/09/2020, 00:52 em 00:52
    Permalink

    Ações a R$ 0,10! Causa de um (sic) mil reais! Negócio milionário de empresa com capital social zero real! E saber que a Sercomtel poderia ter sido vendida lá no século passado com um bom lucro para a cidade mas a politicagem deixou o mico até hoje para o contribuinte londrinense sustentar…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: