Funcionários do Banco do Brasil paralisam atividades

Funcionários do Banco do Brasil em todo o País realizarão nesta sexta-feira (29/01) um dia de paralisação contra o plano de reestruturação lançado pela diretoria da instituição financeira federal no último dia 11.

O protesto foi aprovado em Assembleias virtuais/remotas realizadas nesta semana e tem por objetivo pressionar o banco a abrir negociações com a CEBB (Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil), já que as mudanças incluem a dispensa de 5 mil trabalhadores, transferências, cortes de gratificações e fechamento de 361 unidades de atendimento.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Bancários de Londrina, Laurito Porto de Lira Filho, essa reestruturação mexe muito com a vida dos funcionários e foi lançada sem qualquer discussão com o movimento sindical. “Com a justificativa de promover um ‘redirecionamento de sua estrutura operacional, a direção do Banco do Brasil não analisou os impactos das mudanças. Os funcionários já trabalham com uma grande sobrecarga de serviços, pois muitos colegas estão atuando no sistema de home office por fazerem parte do grupo de risco para a Covid-19, e devido ao fechamento de agências haverá uma migração das contas para as unidades, sacrificando ainda mais o pessoal que está na linha de frente, além de prejudicar também os clientes com maior tempo de espera pelo atendimento”, aponta.

Laurito afirma que, segundo levantamento informal, no Paraná deverão ser fechadas 31 agências neste processo. Em Londrina será desativada a agência da Avenida Rio de Janeiro e transformado em agência o Posto de Atendimento da Avenida Inglaterra. A reestruturação também vai provocar a retirada das gratificações de vários caixas executivos, assistentes, escriturários e de gerentes, que passarão a receber apenas o piso salarial da categoria.

One thought on “Funcionários do Banco do Brasil paralisam atividades

  • 28/01/2021, 22:06 em 22:06
    Permalink

    Bancários e caminhoneiros anunciam greves. São brasileiros morrendo aos milhares de covid. E o presidente tendo chiliques com a imprensa. Fevereiro promete!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: