Obras da trincheira da leste-oeste. Até o Ministério Público perdeu a paciência

Convenhamos, demorou para que as autoridades cobrassem explicações sobre as obras da trincheira da Avenida Leste Oeste em Londrina. Impressiona no Brasil o fato mais do que comprovado de que contas para e cronogramas para pagamento e execução de obras são produtos de ficção.

Obras públicas entregues no prazo e no valor contratado inicialmente é tão raro que eu mesmo nunca ouvi falar.

Informa o portal G1 que o Ministério Público do Paraná (MP-PR) abriu um inquérito civil para apurar o “descumprimento do cronograma de construção” da trincheira, por parte da empresa responsável pela obra, a TCE Engenharia.

A trincheira começou a ser construída em começo de 2021 e deveria ser entregue em janeiro de 2023. Após pedido da construtora, a Prefeitura de Londrina prorrogou o prazo para mais seis meses, até julho deste ano.

Porém, o secretário municipal de Planejamento, Marcelo Canhada, disse que representantes da empreiteira, em reunião realizada com a prefeitura no final de fevereiro, afirmaram que não vão conseguir entregar a obra na data combinada.

De acordo com as últimas medições feitas pela prefeitura, a construção da trincheira chegou a 50% de execução.procurou representantes da TCE Engenharia, mas não obteve retorno até o momento. A reportagem tenta contato com a assessoria de imprensa da prefeitura.

O MP também quer saber sobre “os aditivos contratuais de ajustes de valores e prazos e a forma de fiscalização das obras pelo Município de Londrina”. O inquérito foi instaurado em 9 de março pela promotora Sandra Regina Koch.Em documento obtido pelo g1, a promotora pede várias informações para a Secretaria Municipal de Gestão Pública, que elaborou a licitação da trincheira, como: O valor inicial da trincheira era de R$ 25 milhões, mas saltou para R$ 34 milhões depois de reajustes concedidos pela prefeitura. Os últimos foram de aproximadamente R$ 2,5 milhões. Com os reajustes, a obra já está 36% mais cara do que o valor original previsto em contrato.

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

  1. Paulo Campos

    Gostaria de ouvir o prefeito falar sobre isso? Ele tá correndo pq?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios