Olavo de Carvalho volta ao Brasil para tratar da saúde e deve ser atendido pelo SUS

Olavo de Carvalho

Ironia. Enfim hoje muitas pessoas vão poder dizer: “Olavo tem razão”. srsrsr

Astrólogo para alguns, filósofo para outros, o escritor Olavo de Carvalho, considerado o guru do bolsonarismo, retornou hoje ao Brasil depois de anos e anos morando nos Estados Unidos.

Olavo estava internado com problemas respiratórios desde abril deste ano, em um hospital no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, para onde se mudou em 2005.

No Brasil a informação é que será atendido no Incor – Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, onde deve ter toda a assistência do Sistema Único de Saúde (SUS).

5 thoughts on “Olavo de Carvalho volta ao Brasil para tratar da saúde e deve ser atendido pelo SUS

  • 08/07/2021, 20:38 em 20:38
    Permalink

    Sacanagem deixar o guru da família bolsonarista num hospital administrado por uma universidade pública. Será que o empresário Luciano Hang não vai pagar a internação do “filósofo” (Quá! Quá! Quá!) no Hospital Israelita Albert Einstein? Porra! Até o Queiroz já ficou internado no Albert Einstein. Vai ver o Luciano Hang está mesmo em dificuldades financeiras desde que não conseguiu uma boa grana com o lançamento de seu IPO.

    Resposta
    • 09/07/2021, 12:58 em 12:58
      Permalink

      Bostildus energúmenus, Mula está.

      Resposta
    • 09/07/2021, 13:23 em 13:23
      Permalink

      to sentindo um cheirinho de mortadela aqui

      Resposta
      • 09/07/2021, 17:24 em 17:24
        Permalink

        Que lembrança deliciosa. Seu comentário me fez lembrar dos tempos em que eu ia pra São Paulo ajudar a derrubar a ditadura militar e renovava minhas forças comendo o sanduíche de mortadela do Bar do Mané, no Mercadão. Mas o que a gente não suporta mesmo é o fedor dos fascistas. Este nem terninho evangélico nem água benta da Opus Dei conseguem disfarçar. Quá! Quá! Quá!

        Resposta
  • 09/07/2021, 19:21 em 19:21
    Permalink

    É nessas horas de absoluta necessidade, que o defensor do Estado mínimo abandona seu discurso.
    Saúde é mais importante.
    Viva o SUS!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: