Excelente notícia: Londrina ganha time de vôlei que vai disputar a Super Liga B

Bom, num lugar onde notícias positivas não são tão comuns, esta é boa demais.

Londrina está ganhando uma equipe de vôlei feminina.

A apresentação será nesta quinta-feira às 19h30 no Moringão durante um jogo festivo entre Adeps/Positivo de Londrina e Vôlei Nestlé.

O projeto é gerenciado pela ex-jogadora londrinense Elisângela. É uma parceria da Adeps com a Universidade Positivo (UP) e Colégio Positivo, empresas do Grupo Positivo que, recentemente, adquiriu a faculdade Arthur Thomas, em Londrina.

O principal objetivo é apresentar a equipe para a cidade e viabilizar a disputa da Superliga B que inicia no mês de janeiro. Os ingressos já estão à venda através do site meubilhete.com, Lojas Karilu ou Kiosque do LEC (Boulevard Shopping). Inteira custa R$10,00, meia R$5,00 e crianças até 10 anos não pagam. Os recursos adquiridos no jogo serão direcionados para investimentos do projeto esportivo da Adeps, que é uma associação sem fins lucrativos.

Inicialmente, a partida amistosa seria entre o Renata Valinhos/Country e o Vôlei Nestlé, mas com a confirmação do time de Valinhos na Superliga principal, a equipe não teria disponibilidade de participar do evento devido ao calendário da principal competição do país. Já a equipe de Osasco foi convidada por Elisângela, em contato com o treinador Luizomar de Moura. Os dois são amigos há anos e Lili, como é mais conhecida, foi atleta do treinador em Macaé e no próprio Osasco.

A associação, que recentemente lançou em Londrina o projeto social “Formando Campeões”, que incentiva a prática do voleibol em quatro regiões em Londrina, tem como principal objetivo chegar à Superliga Nacional de Vôlei, além de representar a cidade em competições nacionais e internacionais. Ambos os projetos têm apoio da Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes de Londrina (FEL).

Um comentário em “Excelente notícia: Londrina ganha time de vôlei que vai disputar a Super Liga B

  • 24/10/2017, 20:47 em 20:47
    Permalink

    Achei que era a nossa gloriosa Sercomtel, que mesmo na pindaiba que dá do, sem um tostão furado ainda patrocina o Tubarão. Nada contra nosso timão, mas a falta de bom censo desse povo e caso de polícia. A empresa está com dificuldade em honrar compromissos, mas vai continuar ajudando o time.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: