A barragem do Lago Igapó aguenta tremores de terra?

“Se estão ocorrendo rachaduras em casas do Jardim Califórnia, em Londrina, e ontem deu uma tremida no Forum, Câmara e Prefeitura quem pode nos garantir que a barragem do Lago Igapó está segura e livre de fissuras ou mesmo rachaduras?

Estaria a cidade preparada para uma catástrofe caso, por motivo de volume de chuvas ou mesmo tremores, a barragem do Lago Igapó viesse a se romper? “

O questionamento, feito pelo bancário e ativista Paulo Lima é muito pertinente. A barragem foi construída em 1959 na gestão do prefeito Antônio Sobrinho.

Será que ela está preparada para suportar tremores de terra?

E se houver rachaduras, há plano de contenção?

Não seria o caso de uma equipe técnica avaliar a barragem para dar tranquilidade aos moradores?

9 comentários em “A barragem do Lago Igapó aguenta tremores de terra?

  • 22/01/2016, 11:35 em 11:35
    Permalink

    Dependendo da potência do terremoto que o pessoal parece estar esperando, não vai sobrar nada em pé em Londrina. E esse pessoal vai perder o sono quando se der conta de que vive numa bolinha que gira em torno de uma bolona incandescente que ninguém sabe onde vai parar, quer dizer, vai parar num buraco negro de onde nem luz sai e as almas todas que viveram na terra vão caber num neutrino!!!

    Resposta
  • 22/01/2016, 14:33 em 14:33
    Permalink

    Se depender das atitudes do nosso prefeito técnico pode esperar que esse estudo num sai tão cedo.

    Resposta
    • 22/01/2016, 21:03 em 21:03
      Permalink

      Melhor não. Vai que o prefeito resolve refazer a barragem. Vocês viram o que aconteceu com a ponte na Gleba Palhano?!? A coitadinha teve vida curta…

      Resposta
  • 22/01/2016, 14:58 em 14:58
    Permalink

    muito bem pensado! CREA, Defesa Civil, MP, Prefeitura, alguém?

    Resposta
  • 22/01/2016, 15:26 em 15:26
    Permalink

    Imagina se essa Barragem – Cartão Postal da Cidade – venha a romper. Ai sim, será o fim. URGENTE.

    Resposta
  • 22/01/2016, 18:26 em 18:26
    Permalink

    Quem fez o cálculo estrutural foi o Grande Professor Queiroz. Acho que aguenta o tranco ,mas cautela e caldo de galinha nunca fazem mal

    Resposta
  • 23/01/2016, 10:02 em 10:02
    Permalink

    Com tanta lama da Sanepar no Igapó, se a barragem se romper, pra baixo dela vai parecer Mariana – MG.

    Resposta
  • 23/01/2016, 21:40 em 21:40
    Permalink

    Lama da falta de cuidado de todos. Sejamos justos.

    Resposta
  • 23/01/2016, 22:24 em 22:24
    Permalink

    Para quem ja suportou Barbosa neto e Belinati, e diluvio e fichinha

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: